CidadaniaEducaçãoEstado

NÃO CUSTA LEMBRAR. Os protestos e o Passe Livre

Confira a seguir trecho da nota publicada na noite de 21 de junho de 2013, sexta:

TRANSPORTE. Tarso sugere o Passe Livre Estudantil

Não há dúvida: as manifestações que ocorrem em todo o país, inclusive em Santa Maria, ainda que englobem uma série de outras reivindicações difusas, tiveram como estopim a questão do transporte coletivo urbano.

É neste contexto, claro, que está a proposta do governador Tarso Genro, apresentada na forma de abertura estudo para a implantação, de criação do Passe Livre Estudantil. Mas, o que seria isso exatamente e como poderia ser financiado? Confira no material da assessoria de imprensa do deputado Valdeci Oliveira, líder do governo no Legislativo, e que participou de encontro hoje, no Palácio Piratini. A seguir:

Valdeci apoia estudo para Passe Livre Estudantil

O governador Tarso Genro reuniu deputados estaduais e federais, secretários e membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), na tarde desta sexta (21), no Palácio Piratini, para debater os desdobramentos das manifestações que ocorrem em cidades do Rio Grande do Sul e do País e que tem como pauta principal o transporte coletivo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, é verdade que há reparos feitos (pela oposição, especialmente), mas o fato é que uma decorrência direta das manifestações de rua recebeu a resposta. E o Passe Livre Estudantil, com suas limitações, já está em vigor.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo