Ministério PúblicoPrefeituraSanta MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. Ministério Público isenta a Prefeitura de qualquer responsabilidade pela tragédia

Confira a seguir trecho da nota publicada na tarde de 15 de julho de 2013, segunda:

FLASH. Ministério Público livra prefeitura de qualquer processo de improbidade. Sobrou para os bombeiros

Voltaremos ao assunto, por certo. No entanto, já é possível antecipar, com base na entrevista coletiva que está sendo prestada neste momento por integrantes do Ministério Público, que somente quatro oficiais dos Bombeiros em Santa Maria serão processados por crimes de improbidade administrativa.

A Prefeitura somente “cometeu falhas administrativas”, mas nenhum servidor está sendo denunciado, nem secretário ou prefeito. Mas, então, quem, na opinião do MP, tem responsabilidade efetiva e será alvo de ação por improbidade? Confira, a propósito, material publicado originalmente na versão online do jornal Zero Hora. A reportagem é assinada por Leticia Duarte. A seguir:

MP pede a condenação de ex-comandante e oficiais dos Bombeiros que assinaram alvará de prevenção

…O Ministério Público pediu a condenação do coronel Altair de Freitas Cunha, do tenente-coronel Moisés da Silva Fuchs, do major da reserva Daniel da Silva Adriano e do capitão Alex da Rocha Camillo. Todos exerceram funções de chefia entre os anos de 2008 e 2013 – os dois primeiros como comandantes do 4º Comando Regional de Bombeiros, e os outros dois como chefes da Seção de Prevenção de Incêndio.

Os quatro teriam tido participação decisiva no “uso deturpado” do software denominado Sistema Integrado de Gestão de Prevenção de Incêndios (SIGPI), que teria deixado de lado a observância de parte das normas estaduais e desconsiderado completamente a legislação municipal…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, até agora ainda são muitos a não entender por que a prefeitura ficou livre de qualquer acusação por conta da tragédia que matou 242 meninos e meninas, na tragédia da Kiss. Do massacre já se passaram 17 meses e meio. Ah, e ninguém está preso, nunca é demais lembrar.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. "Quando essas pequenas falhas administrativas irão diminuir a dor dos que perderam os seus familiares. Ah me esqueci o MP se considerá DEUS"
    Pontualmente, bem colocado, Cicero.
    Alguns membros, do M.Publico, assim agem.
    Lembrando, 242 vitimas fatais.
    Desconsideração, de um Parecer Técnico, de funcionário, que solicitava o fechamento,da Aripuca incendiaria.
    Não tinha isto,(Saídas de Emergência) e mais aquilo,(PPCI)…..

  2. "A Prefeitura somente “cometeu falhas administrativas”, mas nenhum servidor está sendo denunciado, nem secretário ou prefeito".
    Apenas falhas pequenas e administrativas, essa é boa. Quando essas pequenas falhas administrativas irão diminuir a dor dos que perderam os seus familiares. Ah me esqueci o MP se considerá DEUS. Fala serio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo