CampanhaEleições 2014Política

TÁ VALENDO. Candidatos nas ruas, atrás dos votos

Urna eletrônica: no final, ela é que decide, a partir da ação dos milhões de eleitores brasileiros
Urna eletrônica: no final, ela é que decide, a partir da ação dos milhões de eleitores brasileiros

Acabou a hipocrisia. Sai o pré e entra o candidato. Mais de 30 partidos disputam a preferência do eleitorado: de deputado estadual a presidente, passando por deputado federal, senador e governador, milhares de cidadãos querem os vodos dos brasileiros.

Este sítio dedicará particular atenção ao tema, na medida de suas possibilidades. Mas não custa dizer que, oficialmente, é hoje que começa a campanha eleitoral. Há o que pode e o que não pode ser feito. A propósito, vale conferir o material produzido pela Agência Brasil. A reportagem é de André Richter. Acompanhe:

Campanha eleitoral começa hoje em todo o país

Com o fim do prazo para todos os candidatos pedirem os registros à Justiça Eleitoral, a campanha começa hoje (6) em todo o país. O primeiro turno das eleições será no dia 5 de outubro, quando 141,8 milhões de eleitores devem comparecer às urnas para eleger deputados estaduais e federais, senadores, governadores e o presidente da República.

Conforme a Lei das Eleições (Lei 9.504/97), os candidatos e as coligações podem contratar serviços autofalantes em suas sedes para promover a campanha das 8h às 22h. Os comícios também estão autorizados das 8h às 24h. Nesse caso, a contratação de artistas e a distribuição de brindes são proibidos.

Também fica proibida a divulgação das candidaturas em painéis (outdoors) espalhados pelas cidades. A propaganda por meio cartazes tem tamanho máximo de 4 metros quadrados. Se a regra não for cumprida, caberá multa que varia de R$ 5 mil a R$ 15 mil e determinação para a retirada imediata dos cartazes…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo