ComportamentoCrônicaSanta Maria

LA CALLE. Atílio Alencar vai a Buenos Aires, escuta tango, vê várias coisas e volta com “estranhas” ideias

“….Claro que é tentador contar dos atrativos metropolitanos para turista ver. Além de ser uma capital extremamente cosmopolita, Buenos Aires tem uma arquitetura fascinante e um circuito boêmio de causar inveja. Mas aí está um ponto em que, incomodamente, sentimos que o gozo turístico guarda um abismo enorme com a nossa realidade local. Claro está que a noite é também um produto no mercado, e que a profusão de bares e mesas na rua, dependendo dos preços praticados e dos códigos implicados, pode funcionar como filtro social. Mas a cultura evidente de viver a rua como ambiente de convívio, e não apenas como passagem nervosa entre o fluxo dos automóveis e dos anúncios luminosos, é algo que chama a atenção no cotidiano bonarense. Nada a ver com Santa Maria, nem com Porto Alegre, se pensarmos da perspectiva da gestão pública.

Em nossa cidade, parece que o cuidado com a etiqueta urbana – o que pode e o que não pode, segundo o código de posturas da cidade – obedece uma lógica quase irracional. Restritiva quase sempre; estranhamente permissiva em casos singulares. Bar com mesa na rua, por exemplo, pode e não pode: sem saber exatamente porque, nem quando nem onde, vez por outra podemos…”

CLIQUE AQUI  para ler a íntegra da reportagem “FICA UFSM: o impasse da universidade em Silveira Martins”, de Atílio Alencar. Atílio é graduado em História pela Universidade Federal de Santa Maria, atualmente trabalha com gerenciamento de mídias sociais e colabora com veículos de comunicação livre. Suas opiniões e críticas exclusivas estão disponíveis neste sítio as quartas-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo