Eleições 2016PartidosPolítica

PARTIDOS. DEM e PMDB encaminham as chapas únicas para seus Diretórios. A bronca só inicia depois

Aldo Fossá (foto Arquivo) deverá ser confirmado na presidência do PMDB, enquanto...
Aldo Fossá (foto Arquivo) deverá ser confirmado presidente do PMDB, enquanto…

A manhã da sabatina será dedicada ao PMDB. Aguarda-se um bom punhado de militantes filiados para votar na convenção municipal da sigla, que acontece no Clube Comercial.

Já na domingueira, também de manhã, quem realiza seu encontro municipal é o DEM, que espera um número pelo menos razoável de alistados, no plenário da Câmara de Vereadores.

A tendência, pelo que o editor apurou nos últimos dias, e especialmente em contatos nesta quarta-feira, é que tanto peemedebistas quanto demistas terão chapa única para compor o Diretório Municipal.

No caso do PMDB, inclusive, está-se aparando a listagem. Há mais que os 45 titulares e 15 suplentes (além de outras instâncias partidárias, que também serão eleitas. Imagina-se que um acordo seja encontrado até a noite desta quinta, no máximo na sexta, quando as chapas precisam ser inscritas.

...Nelson Cauzzo (foto Feicebuqui) tende a ser reconduzido na presidência do DEM
… Cauzzo (foto Feicebuqui) tende a ser reconduzido na presidência do DEM

Quanto ao DEM, a situação está tranquila, mas por outra razão: há escassez de nomes. Pelo menos em condições, entendem os dirigentes, de compor uma nominata bastante expressiva. Há, porém, já definidos mais de 40, entre os pelo menos 60 necessários. Os vereadores Tavores Fernandes e Manoel Badke, em porções iguais, devem indicar os faltantes.

Até aí, tanto uma quanto outra sigla caminham do mesmo modo. Tudo começa a modificar-se a partir desse momento. Enquanto o PMDB encontra-se num momento de clara indefinição, embora a tendência seja a recondução da maioria dos atuais dirigentes, inclusive reelegendo o presidente Aldo Fossá, no DEM, ao que tudo indica, todos serão reconfirmados, entre os quais o presidente Nelson Cauzzo.

A bronca, meeesmo, vem a seguir. E provavelmente se estenderá para além das convenções. Já na próxima semana, o DEM pretende reunir diretório e executiva, para tratar com exclusividade das eleições do próximo ano, encaminhando uma política de alianças ou, quem sabe, até propondo um nome próprio para a prefeitura.

No caso do peemedebismo, há uma posição, já velha de tão conhecida, do prefeito Cezar Schirmer, que apoia o nome de seu vice, José Farret, para a prefeitura, cabendo ao PMDB a indicação do nome secundário. Há resistências. Serão vencidas? Talvez sim. Talvez não. É onde começa a briga. A conferir.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo