EconomiaNegóciosPrefeitura

REDESIMPLES. Prefeitura e Sebrae estabelecem metas para agilizar a implantação do novo sistema

Reunião: Prefeitura e Sebrae definiram cronograma para agilizar o início do funcionamento
Reunião: Prefeitura e Sebrae definiram cronograma para agilizar o início do funcionamento

Por VERA JACQUES (texto) e PAOLA DIAS (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

A Prefeitura de Santa Maria deu mais um passo rumo ao funcionamento da Redesimples. Em uma reunião, realizada na manhã desta terça-feira (23), coordenada pelo prefeito Cezar Schirmer e pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Jacques Jaeger, foram traçadas metas para a finalização do processo de implantação do programa. A Redesimples tem por objetivo específico tornar mais eficiente e eficaz os processos de registro, alteração e baixa de pessoas jurídicas, estabelecendo diretrizes e procedimentos para a otimização e integração dos processos registrais.

O encontro contou com a participação do consultor do Sebrae, José Alfredo Nahas; do gerente regional do órgão, André Blos e do técnico Carlos Eduardo dos Santos; da superintendente da Junta Comercial, Fabiana Neves de Vargas; do Secretário de Desenvolvimento Urbano, Júlio Neto; da superintendente de Alvarás, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Fabiana Comassetto; da superintendente da Vigilância em Saúde, Selena Michel e do superintendente da Superintendência de Tecnologia de Informação, Sílvio Stein.

A Redesimples foi implantada no município no ano de 2014. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jacques Jaeger, em setembro de 2015 foi dado um grande passo, com a criação da Superintendência de Alvarás, que permite a entrada única de documentos. “O prefeito gostaria que o sistema já estivesse funcionando, agora nós vamos buscar os meios”, afirma Jaeger.

O chefe do Executivo confirma que a Redesimples vai otimizar os processos de registro e legalização de empresas, uma vez que as secretarias estarão interligadas. “Nós queremos colocar em funcionamento o mais breve possível. Acredito que as dificuldades de ordem burocrática serão vencidas”, reconhece o prefeito. A Redesimples, que já está em funcionamento em 41 municípios do Estado e quatro da região Central, irá beneficiar um universo de 17 mil empresas de Santa Maria. Destas, 99,2% são micro e pequenas empresas.

O titular da pasta do Desenvolvimento Econômico adianta que foi estabelecido um cronograma, em conjunto com o Sebrae e demais parceiros, com pontos a serem vencidos para a efetiva implantação da Redesimples no município, nos próximos meses. A principal meta diz respeito à análise dos graus de riscos das atividades, sob a ótica ambiental e sanitária. “Isto vai permitir que o município trate de forma diferenciada estas atividades, sempre observando os aspectos legais, sem prejuízo nenhum ao meio ambiente e á sanidade”, assegura o secretário.

O prefeito Schirmer finaliza, explicando que todas as ações visam a racionalização de documentos exigidos no processo; a redução do tempo na emissão dos alvarás e o maior benefício para o empreendedor começar a trabalhar o mais rápido possível, gerando emprego e renda para o município. Atualmente, para abrir as portas, uma empresa necessita, basicamente, das licenças Sanitária e de Localização. Conforme a atividade também é exigida a Licença Ambiental.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo