EconomiaNegóciosSanta Maria

MERCADO. Emplacamentos mostram a retração no comércio de carros ‘Zero Quilômetro’ em Santa Maria

Não são números exatamente agradáveis, embora as concessionárias das diversas fábricas procurem manter o otimismo. Uma delas, mesmo, parceira deste sítio, a Superauto, até comemora o fato de estar na dianteira, ainda que diante de um mercado em retração.

De todo modo, em março, conforme dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam), foram emplacadas em Santa Maria 332 unidades de carros (automóveis e comerciais leves) “zero quilômetro”. É um número superior aos 235 do mês anterior e até aos 325 de janeiro. Quem sabe, até, um indício de recuperação, embora ninguém ouse afirmar isso, por enquanto.

Há razões, claro, para a cautela. A principal delas é, claro, a comparação com anos anteriores. Março deste ano, por exemplo, teve desempenho 28% inferior aos 461 veículos comercializados em 2015. E, no acumulado do ano, agora, nos três meses iniciais, foram 1.074 “zero km” emplacados. Em 2015 esse número foi 1.203, já longe dos fantásticos (na comparação) 1.432 carros comercializados na boca do monte entre janeiro e março de 2014.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo