PrefeituraSanta Maria

NÃO CUSTA LEMBRAR. Na chuvarada de 2016, um prejuízo de R$ 33 milhões. Agora, ainda não se sabe

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 28 de outubro de 2015, quarta:

EMERGÊNCIA. Prejuizo com chuvarada das últimas semanas em Santa Maria alcançou os R$ 33 milhões

Por ANA BITTENCOURT (texto) eJOÃO ALVES (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

O colegiado do Gabinete de Gestão Integrado Municipal (GGI-M) esteve reunido na manhã desta terça-feira (27), na sede da Superintendência de Proteção Social, Cidadania e Direitos Humanos. A pauta do encontro foi o atendimento de emergência prestado às famílias atingidas pela chuva em Santa Maria.

A reunião foi coordenada pelo superitendente de Proteção Social, Cidadania e Direitos Humanos, Luiz Eliton Cordenuzi. Em um primeiro momento, secretários municipais e representantes das instituições envolvidos na força tarefa realizada durante as últimas semanas apresentaram o balanço de suas pastas, conforme divulgado pela prefeitura no dia 16 de outubro.

O secretário de Ação Comunitária e coordenador da Defesa Civil Municipal, Adelar Vargas, informou que os prejuízos contabilizados na esfera pública somam R$ 14 milhões. Na área privada foram R$ 19 milhões de prejuízo, principalmente na agricultura.

A solidariedade dos santa-marienses foi o principal ponto destacado entre os participantes da reunião. A união de esforços da população e o número de doações que chegaram até o Centro Desportivo Municipal…”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI               

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, que se diga: embora os transtornos (e o prejuízo), a repercussão ruim para a população foi menor que em 2016. Um dos indicadores disso é que, ao contrário de então, agora a emergência não chegou a ser decretada.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo