Santa MariaSegurança

NÃO CUSTA LEMBRAR. Há um ano, o efetivo policial ostensivo era menos da metade do necessário. E hoje?

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 20 de dezembro de 2015, domingo:

SEGURANÇA. Santa Maria tem menos da metade do efetivo necessário de brigadianos para o policiamento

Se há um setor carente de recursos humanos e financeiros, nas políticas públicas gaúchas, este é o da segurança. Aliás, é preciso saudar os que vão para a rua para o policiamento ostensivo. Afinal, eles são menos da metade do previsto (e necessário), conforme dados da própria Brigada Militar.

Isso está bastante claro em material pra lá de elucidativo, disponível na versão online da Rádio Gaúcha Santa Maria, como você pode conferir na reportagem assinada por João Pedro Lamas, e que trata também de outras comunas da região. A foto é de Reprodução. A seguir:

75% dos municípios da Região Central têm menos da metade do efetivo policial necessário

… Dados divulgados pelo Comando Regional de Polícia Ostensiva (CPRO) aponta que 22 dos 29 municípios (75%) da Região Central têm menos da metade do efetivo policial necessário. Além disso, a Região Central tem um déficit de 53% no efetivo policial. Deveriam 1.328 quando há 617. Faltam 711. Há falta também de viaturas. Deveriam estar em uso 109, mas há 62...

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI                          

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, com a quantidade de afastamentos, inclusive por reforma, de policiais, é possível afirmar que o contingente deve ter se reduzido. Sobram, apenas, a qualidade (muito boa) do trabalho e a vontade dos policiais.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo