JudiciárioRegiãoSegurança

PINHAL GRANDE. Ariosto indiciado: quatro mortes e um estupro. Processo prossegue em Júlio de Castilhos

Autor confesso de chacina em Pinhal Grande, agricultor Ariosto da Rosa é indiciado por quatro homicídios e também por estupro
Autor confesso de chacina em Pinhal Grande, agricultor Ariosto da Rosa é indiciado por quatro homicídios e também por estupro

Por RAUL PUJOL (texto) e GABRIEL HAESBAERT (foto), no jornal A Razão

O agricultor Ariosto da Rosa, 41 anos, que confessou  ter matado quatro pessoas, no dia 29 novembro, em Pinhal Grande, na Quarta Colônia de Imigração Italiana, foi indiciado pela Polícia Civil, na tarde de hoje. Ele foi responsabilizado pelos assassinatos de Bianca Moraes de Salles, 16 anos, Iran Gonçalves dos Santos, 10, Alex Cardoso Leal, 17, e Afonso Gonçalves, 60, com as qualificadoras de motivo torpe, fútil e que dificultou a defesa das vítimas. Ariosto também foi indiciado pelo estupro de Bianca, que era enteada dele. O abuso foi comprovado pelos exames do Posto Médico-Legal de Santa Maria.

De acordo com o delegado José dos Santos Araújo,  responsável pela Delegacia de Polícia de Pinhal, a ex-mulher e mãe de Bianca, Gislaine de Moraes Salles, 36, e um amigo do assassino, José Pileco, foram indiciados como coautores do crime.

Na análise da Polícia, Gislaine se omitiu ao não proteger sua filha de Ariosto. Ela permitiu que Ariosto ficasse sozinho com Bianca, na residência onde aconteceu o crime, na localidade de Rincão dos Basílios. Já Pileco, de acordo com o delegado Araújo, teve coautoria no assassinato do agricultor Afonso Gonçalves, já que ele seria inimigo da vítima e tinha uma briga por disputa de terras. Então, Ariosto teria matado Afonso por causa de Pileco. O autor da chacina também teria se escondido na casa do amigo após o crime.

O inquérito foi remetido ao Fórum de Júlio de Castilhos.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo