Política

PARTIDOS. PRB/SM já tem 20 pré-candidatos a vereador para disputar as eleições de… 2020!

Mobilização para 2018? Que nada, o PRB/SM já está de olho nas eleições de outubro de 2020. Foto Divulgação

Por Maiquel Rosauro

Enquanto a maioria das siglas está quebrando a cabeça para definir os nomes que concorrerão nas eleições de 2018, o Partido Republicano Brasileiro (PRB) de Santa Maria traça planos para 2020. Na noite de segunda-feira (16), os militantes lotaram o Plenarinho da Câmara de Vereadores para planejar as ações para os próximos anos.

Em Santa Maria, o ex-candidato a prefeito Jader Maretoli e o vereador Alexandre Vargas são as principais lideranças do partido. O objetivo do PRB/SM é eleger, pelo menos, três parlamentares para o próximo mandato no Legislativo Municipal.

“Já temos 20 pré-candidatos definidos, mas a nossa meta é chegar a 30. Temos que ter um grande número porque no pleito de 2020 não serão permitidas coligações. Logo, é preciso conseguir o máximo de votos possíveis para o partido”, projeta Vargas.

Para o parlamentar, apresentar-se como pré-candidato desde agora dará mais credibilidade frente às intenções do PRB/SM. Além disso, ajudará a mobilizar a militância para o pleito de 2018, no qual Jader Maretoli concorrerá a deputado estadual.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo