Destaque

POLÊMICA. Bancada do PT afirma que entrará com ação contra Harrisson por declaração no Facebook

Ao comentar sobre um elogio que recebeu referente ao projeto dos pets, Harrisson disparou contra os parlamentares que votaram contra a iniciativa. Foto Facebook / Reprodução

Por Maiquel Rosauro

A semana começa com uma polêmica envolvendo o vice-presidente do Legislativo Municipal, vereador Francisco Harrisson (PMDB). A bancada petista divulgou nesse domingo (10) um release no qual relata as ações que pretende tomar frente às declarações do peemedebista no Facebook. Na rede social, ele chamou de “bando de inúteis e sem conteúdo” os vereadores que votaram contra o Projeto de Lei 8525/2017.

A proposta, aprovada na sessão de quinta-feira (7), torna facultativa a entrada de pequenos animais em lojas e shoppings. A iniciativa, desde que foi apresentada, vem gerando polêmica, já que encontrou simpatizantes entre os lojistas e opositores entre lideranças do comércio. O projeto foi aprovado por dez votos a cinco, com os vereadores Celita da Silva (PT), Daniel Diniz (PT), Leopoldo Ochulaki – Alemão do Gás (PSB), Luciano Guerra (PT) e Valdir Oliveira (PT) votando contra.

No Facebook, uma amiga de Harrisson parabenizou o vereador pela aprovação compartilhando matéria deste site no perfil do vereador. O peemedebista respondeu ao elogiou com duras críticas aos vereadores que votaram de forma contrária (confira na imagem no topo da página). O comentário do vice-presidente da Câmara também foi destaque na seção Sobe/Desce.

Em nota, os petistas lamentam a declaração de Harrisson e avisam que irão solicitar a abertura de uma comissão processante para analisar as declarações, além de responsabilizar o vereador civil e criminalmente (leia abaixo).

Reincidente em polêmicas envolvendo o Facebook
Esta não é a primeira vez que Harrisson se envolve em polêmica envolvendo as redes sociais. Em agosto, ele foi denunciado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara devido a um suposto deboche, no Facebook, em resposta a uma pessoa que pedia orientação quanto a um problema de saúde. Contudo, a denúncia foi arquivada.

Também em agosto, Harrisson postou em seu perfil no Facebook uma retratação pública no qual se desculpou por ter ofendido o deputado federal Paulo Pimenta (PT). Em 27 de fevereiro deste ano, o peemedebista havia chamado o petista de corrupto na rede social. Pimenta entrou com uma ação contra o parlamentar, mas ambas as partes entraram em um acordo extrajudicial que previa a retratação pública e extinção do processo.

Confira abaixo o release divulgado pela bancada petista:

Vereadores da bancada do Partido dos Trabalhadores em Santa Maria lamentam postura “antidemocrática” do vice-presidente da Câmara Municipal
Os vereadores Daniel Diniz, Luciano Guerra, Valdir Oliveira e Celita da Silva – integrantes da bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara Municipal de Santa Maria – lamentam publicamente a postura “antidemocrática” do vice-presidente do Legislativo santa-mariense, Dr Francisco Harrisson (PMDB), por fazer comentários maldosos para denegrir parlamentares da bancada do PT.

Os petistas consideram que o edil “ultrapassou todos os limites”, quando foi as redes sociais debater suas opiniões após a votação do Projeto de Lei n° 8525/2017, que torna facultativa a entrada de pequenos animais em lojas e shoppings, alterando o artigo 143 da Lei Complementar 92/2012, que “Dispõe sobre a Consolidação do Código de Posturas do Município de Santa Maria”.

De acordo com o líder da bancada do PT, vereador Daniel Diniz, esta é uma atitude lamentável na medida em que os vereadores são eleitos para debater, discutir e votar os projetos conforme suas convicções.

“Este projeto sempre foi considerado polêmico e confuso, mas merece ser considerada também as opiniões contrárias ou favoráveis. Vamos aguardar para saber quais às providências que serão tomadas pelo presidente do parlamento Admar Pozzobom (PSDB), porque estamos num regime democrático e não militar”, avaliou Diniz.

O petista destacou que a Bancada do PT, no Legislativo Municipal, não hesitará em responsabilizar administrativamente com pedido de abertura de comissão processante para analisar as declarações do vereador Dr Francisco Harrisson, bem como civil e criminalmente o autor da difamação.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

4 Comentários

  1. Pessoas descontroladas e reincidentes não servem para representar o município e muito menos a região. As zoonoses agradecem.

  2. Nada contra quem possue animais mas contra toda essa função a respeito disso enquanto há tanta coisa de maior relevância para ser feita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo