DIA DA MULHER. Medalha Mietta Santiago entregue para a Irmã Lourdes Dill, na Câmara dos Deputados

DIA DA MULHER. Medalha Mietta Santiago entregue para a Irmã Lourdes Dill, na Câmara dos Deputados

DIA DA MULHER. Medalha Mietta Santiago entregue para a Irmã Lourdes Dill, na Câmara dos Deputados - irmã-lourdes-1

Autora da proposta, que também lembrou outras sete mulheres, a deputada federal Maria do Rosário (D), com a Irmã Lourdes Dill

Texto e foto pela Assessoria de Imprensa da Deputada Federal Maria do Rosário

Indicada pela deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), a irmã Lourdes Maria Staudt Dill, vice-presidente da Cáritas Brasileira, recebeu nesta quinta-feira (8) a Medalha Mietta Santiago, em Sessão Solene da Câmara em comemoração ao Dia Internacional da Mulher.

“Conheço a irmã Lourdes pelo trabalho de incentivo que ela faz as mulheres que buscam empregabilidade, que buscam renda, que são chefes de família, que cuidam dos seus filhos e cuidam da comunidade”, afirmou Maria do Rosário. Ela ainda destacou a luta da irmã Lourdes e em nome dela a de todas as mulheres do campo e da cidade por terem derrotado a Reforma da Previdência.

“Nós queremos a superação da violência em nosso país, em nosso planeta Terra. Queremos que esta Casa na próxima eleição possa ter metade mulheres e metade homens. Essa é a nossa luta”, afirmou a irmã Lourdes.

A freira ainda agradeceu a deputada Rosário pela indicação: “Grande lutadora, eu me inspiro nela e ela se inspira em mim e nós nos inspiramos em todas as mulheres que lutam por vida digna”, declarou.

*Trajetória* – Ao longo das três últimas décadas, irmã Lourdes tem atuado em diversas áreas sociais, com destaque no trabalho de promoção da economia solidária. Ela coordena o projeto Esperança/Cooesperança, organizando grupos urbanos e rurais, de artesãos, de agroindústrias, grupos de alimentação e de confecção, catadores, quilombolas, povos indígenas, de consumidores, entre outros. Fazem parte do projeto pessoas de todas as idades, culturas, etnias e religiões, alcançando cerca de cinco mil famílias em 34 municípios da região Central do Rio Grande do Sul.

*Medalha* – A insígnia foi concedida pela Secretaria da Mulher da Câmara e pelo presidente da Casa e consistiu na concessão de diploma de menção honrosa aos agraciados e outorga de medalha cunhada com a efígie de Mietta Santiago, primeira mulher a exercer, plenamente, seus direitos políticos no Brasil. Além da irmã Lourdes, receberam o prêmio Sueli Armani, Celina Martelli, Helley Batista, Glória Perez, Joana D’Arc Cavalcante, Maria Fagundes e Tereza Cristina Ferreira.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *