CIDADE. Sem acordo entre sindicatos, Comércio vai mesmo fechar suas portas neste feriado de Tiradentes

CIDADE. Sem acordo entre sindicatos, Comércio vai mesmo fechar suas portas neste feriado de Tiradentes

CIDADE. Sem acordo entre sindicatos, Comércio vai mesmo fechar suas portas neste feriado de Tiradentes - sindilojas-3

No final da tarde desta sexta-feira, o Sindicato dos Lojistas da Região Centro (Sindilojas), divulgou nota oficial acerca do desacerto com o sindicato de trabalhadores, o que impede a abertura do comércio neste sábado, feriado de Tiradentes. E o que dizem os empresários? Confira você mesmo, a seguir:

Feriado Nacional de Tiradentes: nota oficial

O Sindilojas Região Centro vem, por meio dessa nota oficial, expressar profundo lamento pela inexistência de consenso para o pleno funcionamento do comércio durante o sábado (21), feriado nacional de Tiradentes, em Santa Maria.

A entidade é representante legal do varejo e é seu desejo, sempre, que haja liberdade e autonomia para a realização do trabalho que impulsiona nossa cidade. Além disso, também entende que, por mais que a ausência de consenso seja uma conseqüência da irredutibilidade do sindicato laboral quanto ao tema, ela não representa o desejo de seus representados comerciários.

Em tempos de crise, como os que vivemos, tanto empresários, quanto seus colaboradores, trabalhariam dioturnamente para garantir o próprio sustento e de suas famílias. Não cabe a ninguém, tampouco a uma entidade de classe, tolir o direito que ambos possuem pela busca da geração de renda.

Assim, o Sindilojas Região Centro compartilha da revolta e indignação que hoje é expressa por seus associados, lojistas, empresários, comerciários e consumidores na imprensa, redes sociais e rodas de conversa. É imperativo que haja união e diálogo para que juntos possamos solucionar de forma acertiva e definitiva, evitando assim novas frustrações em um futuro próximo.”



1 comentário

  1. helvio cecchin

    Sobre os sindicatos de lojistas e afins: não é de hoje que atravancam o progresso de Santa Maria, regressão total!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *