DISTRITOS. Prefeitura começa exploração pedreiras. Matéria prima será usada na recuperação de estradas

DISTRITOS. Prefeitura começa exploração pedreiras. Matéria prima será usada na recuperação de estradas

DISTRITOS. Prefeitura começa exploração pedreiras. Matéria prima será usada na recuperação de estradas - prefeitura-pedreiras-1

Na manhã desta quinta, o prefeito Jorge Pozzobom e o vice-prefeito Sergio Cechin acompanharam início dos trabalhos em Arroio do Só

Por ANA BITTENCOURT (texto) e DEISE FACHIN (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura 

Com a formalização de parceria entre a Prefeitura e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que viabilizou o licenciamento ambiental de pedreiras particulares localizadas em três distritos de Santa Maria, a recuperação das estradas da Zona Rural ganha reforço a partir desta semana.

A assinatura dos contratos ocorreu no final da tarde da última terça-feira (05) e já na manhã desta quinta (07) a extração começou em um dos três locais já licenciados e liberados para fornecimento do material . O prefeito Jorge Pozzobom e o vice-prefeito Sérgio Cechin estiveram no local para vistoriar o início dos trabalhos.

Acompanhados pelo secretário de Desenvolvimento Rural, Rodrigo Menna Barreto, e pelo superintendente do Interior, Paulo Schuster, o prefeito e o vice conheceram a pedreira localizada no Rincão Nossa Senhora Aparecida, em Arroio do Só. No local, um caminhão e uma retroescavadeira retiravam do terreno as pedras do tipo seixo, que serão utilizadas para suprir as demandas dos distritos de Arroio do Só, de Pains e de Palma.

“O trabalho efetivo começa agora, com a retirada das pedras que serão de fundamental importância para recuperar a trafegabilidade nos pontos mais críticos das estradas do Interior. Com agilidade, conseguimos licenciar estas áreas e assinar contrato para a exploração destes materiais, antes do período crítico das chuvas”, afirmou o chefe do Executivo.

Além da pedreira visitada nesta quinta-feira, estão aptos à exploração outros dois locais. Um na localidade de Arroio Lobato, no Distrito de Arroio Grande, e o outro em Quebra-Dente, no Distrito da Boca do Monte, totalizando quatro hectares de terra.

O secretário de Desenvolvimento Rural explica que, a partir de agora, a Prefeitura vai sistematizar um cronograma para retirada do material e para o empedramento das estradas.  

“A possibilidade de obtermos as pedras aqui mesmo, no Interior do distrito, facilita o trabalho, pois reduz o tempo de deslocamento e, principalmente, os custos de transporte. E é um compromisso do nosso Governo dar a máxima atenção às comunidades da Zona Rural”, explicou Menna Barreto.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, E TAMBÉM VER OUTRAS FOTOS, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *