POLÍTICA. Presidente do TRF 4 decide manter Lula preso, contrariando determinação de juiz plantonista

POLÍTICA. Presidente do TRF 4 decide manter Lula preso, contrariando determinação de juiz plantonista

POLÍTICA. Presidente do TRF 4 decide manter Lula preso, contrariando determinação de juiz plantonista - lula-1

Havia (e ainda ocorre) uma série de manifestações em várias cidades, por conta da possível liberdade de Lula, o que ainda não ocorreu

Do G1, o portal das Organizações Globo, com foto de RICARDO STUCKERT/Divulgação/Arquivo

Presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, determinou na noite deste domingo (8) que a decisão da soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) volte para relator do processo da Lava Jato na Corte, desembargador federal João Pedro Gebran Neto. Ele decidiu, ainda, que Lula seja mantido preso.

“Nessa equação, considerando que a matéria ventilada no habeas corpus não desafia análise em regime de plantão judiciário e presente o direito do Des. Federal Relator em valer-se do instituto da avocação para preservar competência que lhe é própria (Regimento Interno/TRF4R, art. 202), determino o retorno dos autos ao Gabinete do Des. Federal João Pedro Gebran Neto, bem como a manutenção da decisão por ele proferida no evento 17″, destacou Thompson Flores no despacho.

A discussão teve início com a decisão do desembargador federal plantonista do TRF-4 Rogério Favreto, que mandou soltar Lula na manhã deste domingo, o que ocasionou uma sequência de decisões divergentes envolvendo a soltura do ex-presidente…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *