Destaque

FLASH. Após a facada, Bolsonaro cresce somente dentro da margem erro. Quatro disputam o 2º lugar

Mais adiante você terá todos os detalhes. Fiquemos, por ora, só com o principal. A pesquisa Datafolha, encomendada pela Rede Globo e pelo jornal Folha de São Paulo, divulgada agora há pouco, mostra estabilidade nos índices de Jair Bolsonaro (PSL), que, esfaqueado na semana passada, cresceu apenas 2% (22% para 24%), em relação ao último levantamento de intenção de voto para a Presidência da República. Isto é, dentro da margem de erro.

Mais, nas projeções para o segundo turno, ele que está em primeiro lugar na rodada inicial, perderia para todos os demais concorrentes com os quais o cenário foi testado: contra Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), agora tecnicamente empatados no segundo lugar, com índices, respectivamente, de 13%, 11%, 10% e 9%.

Adiante, amplos detalhes da pesquisa. Aguarde!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo