JornalismoMídiaMinistério Público

COMO ASSIM? Notícia sobre condenação inédita no Estado entrou no ar com um alerta: “Esperar ZH dar”

Do portal especializado Coletiva.Net, com imagem de Reprodução

A equipe de Comunicação do Ministério Público do Rio Grande do Sul publicou uma matéria sobre condenação inédita no Rio Grande do Sul, privilegiando o jornal Zero Hora: a notícia entrou no ar com um alerta no título – (Esperar ZH dar). A reportagem de Coletiva.net entrou em contato com a assessoria de imprensa do órgão, que informou que ainda não iria se manifestar sobre o assunto. A gafe evidencia um sistema interno de comunicação que há na equipe do órgão.

O fato chamou a atenção de jornalistas e profissionais de imprensa, especialmente de muitos que atuam no Grupo Record RS, que mostraram seu descontentamento nas redes sociais com o que foi chamado de “privilégio”. A rádio Guaíba, inclusive, publicou uma matéria em sua página, lamentando “esse tratamento privilegiado, sobretudo pelo fato de fazer, diariamente, o seu trabalho da forma mais correta possível”. Na nota, a emissora escreve que o equívoco da postagem “sugere como funciona a relação de um órgão, que é público, com um grupo privado de comunicação”.

A notícia publicada no site da Guaíba soa como um desabafo, mencionando que se trata de “um desrespeito também com os ouvintes e leitores de outras empresas, que as escolhem para se manter bem informados, de forma democrática”. O conteúdo está sendo reproduzido por alguns jornalistas, por exemplo, Felipe Vieira em seu site homônimo.

A assessoria do MP garantiu ao portal que, se tiverem posição oficial sobre o ocorrido, entrarão em contato com esta reportagem.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo