BASTIDORES. Chapa contra Bisogno no PDT, Kaus e ‘caça às bruxas’, batalha (ainda sem DVD) de Brusque

BASTIDORES. Chapa contra Bisogno no PDT, Kaus e ‘caça às bruxas’, batalha (ainda sem DVD) de Brusque

BASTIDORES. Chapa contra Bisogno no PDT, Kaus e ‘caça às bruxas’, batalha (ainda sem DVD) de Brusque - maiquel-bastidores-1

Assessores da vereadora Luci festejam a formação de chapa de oposição no PDT. Na foto, está Alex da Silva (C), candidato a vice-presidente

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Divulgação), da Equipe do Site

O presidente da Associação Amigos da Banda Marcial Manoel Ribas (AABMAR), Reinaldo Lima, lançou sábado (9) sua candidatura a presidente do PDT/SM. A eleição deverá ocorrer em maio. Hoje, o partido tem como presidente o ex-candidato a prefeito Marcelo Bisogno.

A candidatura de Lima foi anunciada durante uma reunião do gabinete da vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), em Nova Palma. Na ocasião, ocorreram dez novas filiações à sigla, incluindo a ex-integrante do PSDB Mulher, Cristina Vargas.

Em publicação no Facebook, no qual Lima divulgou sua candidatura, Luci postou um comentário sugerindo uma chapa de consenso junto com Bisogno, já que o importante seria o PDT forte. No entanto, Lima indicou que deve montar uma chapa ao lado de Alex da Silva, assessor de Luci no Legislativo, que será candidato a vice-presidente.

“É preciso romper com o “chá do mesmo”. O PDT é muito grande e não é admissível, em 2020, não ocuparmos no mínimo três cadeiras no Legislativo Municipal e, em 2024, garantirmos um nome do PDT de Santa Maria na Assembleia Legislativa”, postou Lima.

O candidato também publicou que pretende oxigenar o partido e abrir espaço para novos nomes e novas lideranças. Ele também criticou o fato de que a sigla perdeu, nos últimos anos, nomes como o do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ewerton Falk, e do ex-secretário municipal de Mobilidade Urbana, Miguel Passini.

Esta semana, os apoiadores de Lima entrarão em contato com o presidente estadual do PDT, deputado federal Pompeo de Mattos, para oficializar a candidatura. Nos bastidores, o grupo teme que não sejam chamadas eleições municipais dentro dos prazos.

E o PP?

Há algum tempo começou um namoro entre a Tia da Moto e o PP, legenda que pretende contar com a vereadora a partir de março de 2020, quando se abre o período para trocas de partido dos mandatários que pretendem concorrer no próximo pleito. Porém, fontes ligadas à Luci dizem que ela poderá declinar do convite progressista caso a chapa de oposição vença o pleito interno do PDT/SM.

Caça as bruxas I

O vereador João Kaus (MDB) não gostou das dezenas de comentários negativos que se espalharam pela internet a respeito da viagem a Brusque, na semana passada, quando entregou ao dono da Havan, Luciano Hang, um abaixo-assinado e uma moção de apoio à instalação da loja na cidade. Fontes do site indicam que o parlamentar já começou uma caça as bruxas e pretende pedir a cabeça de CCs do governo municipal que o criticaram on-line.

Caça as bruxas II

Falta saber como Kaus irá lidar com o vereador Leopoldo Ochulaki – Alemão do Gás (PSB). Nos bastidores, o socialista articulou para que líderes de bancadas da base do governo votassem contra a inclusão da autorização de viagem a Brusque na Ordem do Dia. Todavia, Manoel Badke – Maneco (DEM) e Admar Pozzobom (PSDB) não compraram a ideia para não criar um clima ruim na base.

Caça as bruxas III

Destaque também para o vereador Juliano Soares (PSDB), que disse na tribuna ser contra a viagem a Brusque. O tucano afirmou que a ida à sede da Havan seria um desperdício de dinheiro público, uma vez que é notório que a Havan irá se instalar no município.

No fim das contas, sem inclusão na Ordem do Dia, os parlamentares sequer discutiram a viagem e Kaus e Marion Mortari (PSD) tiveram que pagar o deslocamento por conta própria (AQUI).

A Batalha de Brusque

Domingo (10), no Tenho Dito! (AQUI), o site destacou o comentário de um leitor que, em tom irônico, disse que a viagem renderia um DVD chamado “A Batalha de Brusque”, remetendo à histórica Batalha dos Aflitos, partida entre Náutico x Grêmio, pela Série B, em 2005.

DVD, por enquanto, não teve. Mas live no Facebook…

 



3 comentários

  1. Rogério Ferraz

    Como filiado do PDT entendo ser sempre salutar um pleito eleitoral com mais candidatos. Fortalece o debate e o PDT está precisando. Como se fosse possível fazer algum retoque aos textos do Maiquel Rosauro, eu sugeriria um final assim: “E assim o PSDB mexe sua primeira pedra do tabuleiro de 2020. De olho no tempo de televisão, os tucanos botam um ovo num ninho que deveria ser eminentemente Trabalhista.”

  2. Rogerio Rosado

    Mas parece que o vereador kaus, alimenta-se de ações sem um mínimo de consequência, como diria uma amiga, é tal qual um ” chá de bolita”.

  3. Rose

    Gente abrindo a bandeira do PDT só porque detem CC, nem sabem quem foi Leonel Brizola, coitado do PDT de Santa Maria caminhando para o seu fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *