CULTURA. Um mix que inclui fotos, livro, música, a celebração da vida indígena e homenagem ao Zanatta

CULTURA. Um mix que inclui fotos, livro, música, a celebração da vida indígena e homenagem ao Zanatta

CULTURA. Um mix que inclui fotos, livro, música, a celebração da vida indígena e homenagem ao Zanatta - indios-pauloCom informações da organização dos eventos e fotos entre as incluídas nas exposições

O fotógrafo Paulo de Araújo, santa-mariense radicado em Brasília, traz em maio a sua terra natal extensa amostragem de seu trabalho etnográfico. Serão uma mostra fotográfica – “Kuarup” – em três diferentes locais e um livro – “Yawalapiti, filhos da natureza”, também a ser lançado em diversos eventos.

As exposições terão lugar no Café Cristal, dia 3 (sexta-feira), a partir das 19h, juntamente com a primeira sessão de autógrafos do livro, que tem textos de Clara Arreguy e fotos de Paulo de Araújo; no dia 11 (sábado), a partir das 19h, no CTG Poncho Branco, no Campestre do Menino Deus; e no dia 19 (domingo), a partir das 14h, no Brique da Vila Belga.

Integram as mostras 20 obras de autoria de Paulo de Araújo e de Pena Filho, fotógrafo catarinense radicado em Porto Alegre, que participou, com o amigo santa-mariense, de uma celebração do Kuarup na aldeia Yawalapiti, no Parque Nacional do Xingu, em 2012.

A mesma viagem foi o ponto de partida para o livro escrito pela jornalista mineira Clara Arreguy, que entrevistou Pirakuman e outros parentes do hoje falecido cacique Yawalapiti para contar a história da etnia e de sua cultura. O livro sai pela Outubro Edições, custa R$ 30,00 e está à venda na Feira do Livro de Santa Maria (estande da Livraria Athena). No mais famoso evento literário da cidade, a escritora participa de bate-papo e sessão de autógrafos no dia 4 (sábado), às 18h.

Todos esses eventos integram ainda a série de homenagens ao professor, jornalista, advogado e poeta Humberto Gabbi Zanatta, cujo falecimento recente enlutou amigos, ex-alunos e admiradores. Em memória de Zanatta, seus antigos companheiros do Grupo Horizonte, conjunto que atuou em Santa Maria nos anos 1980 e do qual o professor foi o principal letrista, apresentarão um revival do saudoso movimento musical. Será no palco principal da Feira do Livro no dia 5 (domingo), às 19h. Em cena, Paulo de Araújo reencontrará os companheiros Luiz Carlos Borges, Fio Rossatto e Carlos Leandro Cachoeira para interpretar canções como “Tropa de osso” e “Lições da terra”, ambas compostas por Humberto Gabbi Zanatta.

Na abertura da exposição do dia 11 (sábado), no Poncho Branco, no Campestre do Menino Deus, outro reencontro musical reunirá aquela geração de músicos. Será a apresentação dos antigos integrantes da Grupo Viraser: Paulo de Araújo, Fio Rossatto, João Alberto Licht Teixeira, Osório Brazil e Delci Taborda.

SERVIÇO

Exposições: dias 3, 11 e 19.

Sessões de autógrafo: dias 3 e 4.

Shows: dias 5 e 11.

CULTURA. Um mix que inclui fotos, livro, música, a celebração da vida indígena e homenagem ao Zanatta - indios-paulo-2



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *