DIA DAS MÃES. Pesquisas feitas com consumidores deixam o comércio otimista e projetando boas vendas

DIA DAS MÃES. Pesquisas feitas com consumidores deixam o comércio otimista e projetando boas vendas

DIA DAS MÃES. Pesquisas feitas com consumidores deixam o comércio otimista e projetando boas vendas - cdl-comércio-comprasPor GUILHERME BICCA (com foto de Reprodução), da Assessoria de Imprensa da Entidade

São otimistas as projeções sobre as vendas do comércio para o Dia das Mães, no domingo (12), segunda data comemorativa mais importante do varejo ao longo do ano.

Segundo estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) a data deve registrar aumento real de 3,8 por cento em comparação a 2018, significando movimentação na ordem de R$ 9,7 bilhões.

A perspectiva da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) é de um crescimento médio na comercialização de produtos destinados às mães entre 7% e 8% na comparação com o ano passado.

Já em âmbito local, acadêmicos e professores dos cursos de Administração e Tecnologia em Gestão Comercial da Faculdade Integrada de Santa Maria (Fisma) desenvolveram uma pesquisa sobre a intenção de compras para o Dia das Mães. Na avaliação, se demonstra que, os consumidores pretendem gastar em média R$76,00 por presente, somando investimento de 6,1% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Com relação a preferência de produtos para o Dia das Mães, os consumidores preferem itens de vestuário (39,7%) e perfumaria (16,3%). Os calçados aparecem em terceiro lugar na pesquisa (14,9%). As mulheres, segundo a pesquisa, somam 53,5% dos entrevistados que pretendem adquirir presentes, em uma faixa etária de 18 a 33 anos.

Conforme os dados apurados na pesquisa da Fisma, o aumento decorre de uma melhor situação financeira em relação ao ano passado. Os itens preferenciais para compra são pela ordem, vestuário, perfumes e cosméticos, além de calçados.

Tratando do local de compras, o comércio formal do centro da cidade será a opção da maioria dos pesquisados (48,1%), seguido pelos Shoppings (25,7%).

“Como instituição, ficamos muito felizes em saber que as projeções são positivas para essa data do ano. Não só do comércio calçadista, vestuário, perfumaria, mas sim analisar que é uma época do ano em que toda a economia da região se movimenta. Porque é uma data muito importante onde as famílias confraternizam. Todas as datas são importantes, mas o movimento e a reflexão em relação ao Dia das Mães tem uma conotação diferente. Então estamos muito felizes com essa projeção”, comemora a presidente da CDL Santa Maria, Marli Rigo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *