AssembleiaPolítica

ASSEMBLEIA. Amanhã tem debate na cidade, da Frente Parlamentar da Previdência. Será na Câmara

Evento semelhante, promovido pela Comissão Especial da Previdência Pública da Assembleia, já aconteceu aqui no final de maio

Por TIAGO MACHADO (com foto de CHRISTIANO ERCOLANI/Arquivo), da Assessoria do Parlamentar

A Frente Parlamentar de Apoio à Previdência Pública realizará uma audiência pública nesta sexta-feira (28), às 18h, na Câmara de Vereadores de Santa Maria. A atividade visa a discutir especificamente o impacto do projeto de reforma da previdência do governo federal para os servidores públicos estaduais. O deputado estadual Valdeci Oliveira, que integra a Frente Parlamentar na Assembleia Legislativa, é uma das presenças confirmadas no evento. As advogadas Noemi Santos e Marina Callegaro e o advogado Amarildo Martins, todos com atuação na área previdenciária, farão exposições durante a audiência.

“Ao promover essa discussão, estamos atendendo um pedido das diferentes entidades que representam os servidores do estado. É uma atividade importante para aprofundar ainda mais a análise do projeto de lei do governo federal. A sociedade ainda possui muitas dúvidas a respeito dessa proposta, a qual, na minha avaliação, é nefasta para grande parte da sociedade e para os trabalhadores e trabalhadoras urbanas e rurais”, afirmou Valdeci.

No último dia 31 de maio, também em Santa Maria, a Comissão Especial da Previdência Pública da Assembleia Legislativa debateu o texto geral da reforma da previdência.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo