CAMPO. Agricultura familiar é a prioridade entre os produtos do Feirão Regional, na ‘Praça dos Bombeiros’

CAMPO. Agricultura familiar é a prioridade entre os produtos do Feirão Regional, na ‘Praça dos Bombeiros’

Por MANUELA VASCONCELLOS (texto) e DEISE FACHIN (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

CAMPO. Agricultura familiar é a prioridade entre os produtos do Feirão Regional, na ‘Praça dos Bombeiros’ - prefeitura-feirão

Comercialização de produtos ocorre na Praça dos Bombeiros em dois dias na semana, nas terças e sextas-feiras, entre 8 da manhã e 4 da tarde

O incentivo à produção e ao consumo de alimentos saudáveis e de qualidade faz com que o Feirão Regional de Santa Maria se consolide entre os moradores a cada edição. A partir de iniciativas da Prefeitura e de entidades parceiras que objetivam ainda mais o desenvolvimento econômico e rural, o Feirão completou um ano de atividades nesta sexta-feira (19) e já vislumbra o futuro. O prefeito Jorge Pozzobom e o vice Sérgio Cechin visitaram os feirantes na Praça João Pedro Menna Barreto, a Praça dos Bombeiros.

“Sempre procuramos trabalhar em nível local e regional. Atualmente, contamos com expositores dos distritos e, também, de Itaara, São Martinho da Serra, Dilermando de Aguiar, entre outros. Isso comprova que o trabalho é bem-vindo e que os consumidores aprovam e gostam do Feirão. Tudo com produtos de alta qualidade e saudáveis”, explica o prefeito Jorge Pozzobom.

Em parceria com a Secretaria Estadual da Agricultura, Emater e Sindicato dos Trabalhadores Rurais, a ideia é incentivar ainda mais a presença de expositores no Feirão. Conforme o secretário de Desenvolvimento Rural, Rodrigo Menna Barreto, com a mudança de endereço e do funcionamento em dois dias da semana, a comercialização dos produtos ganha novo fôlego.

“Reavaliamos a troca de local a partir de uma demanda dos expositores e dos próprios consumidores, que gostariam de um espaço mais central para realizar as compras. Como a ação foi acertada, o Feirão funciona às terças e sextas-feiras. Com mais pessoas circulando na praça, vamos trabalhar na padronização das tendas, garantindo mais conforto aos proprietários e proteção aos produtos comercializados”, afirma o secretário.

Com a banca na qual ainda restam poucos pés de alface e mais alguns legumes e frutas, o produtor rural Diego Kullmann, do distrito de Vale Vêneto, em São João do Polêsine, comemora: “Cheguei cedo e já vendi bastante. Aqui é um ponto de maior movimento, mais central, com a parada de ônibus e trajeto de muitos estudantes, que sempre querem garantir os produtos e conhecer o nosso trabalho”.

O Feirão Regional de Santa Maria funciona às terças e sextas-feiras, das 8h às 16h, na Praça João Pedro Menna Barreto, a Praça dos Bombeiros. Ao longo desses 12 meses, movimentou cerca de R$ 1 milhão a partir do comércio de produtos provenientes da Agricultura Familiar, como frutas, verduras, pães, queijos, embutidos, entre outros.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL (E TAMBÉM VER OUTRAS FOTOS), CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *