UFSM. Sindicato docente realiza debate público sobre “Future-se”, o programa lançado pelo Governo Federal

UFSM. Sindicato docente realiza debate público sobre “Future-se”, o programa lançado pelo Governo Federal

UFSM. Sindicato docente realiza debate público sobre “Future-se”, o programa lançado pelo Governo Federal - sedufsm-future-sePor FRITZ R. NUNES (com imagem de Reprodução), da Assessoria de Imprensa da Sedufsm

A diretoria da Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm) realiza na segunda, 29 de julho, às 18h30, um debate sobre o programa ‘Future-se’. Esse programa foi anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) na quarta, 17 de julho. O título do evento é “O futuro das universidades públicas no ‘Future-se’.” A atividade ocorre no Auditório Suze Scalcon da Sedufsm (à rua André Marques, 665).

O objetivo do debate, que é aberto não somente a filiados, mas a todos os interessados, é aprofundar a discussão sobre o referido programa, visto pelo movimento sindical docente como fomentador de uma universidade sem autonomia e guiada pela lógica do setor privado. A intenção é também ouvir percepções da comunidade universitária a respeito do que já foi divulgado sobre o programa.

ANDES-SN

Em matéria publicada no site do ANDES-SN, a secretária-geral, professora Eblin Farage, afirmou que o projeto do governo federal busca destruir o caráter social e heterogêneo das instituições federais de ensino. “Nessa universidade [que o governo quer] só caberá o conhecimento que sirva ao mercado e não à população, em especial a mais pobre”, critica ela.

Na avaliação do Sindicato Nacional dos Docentes, um dos grandes ataques contido no ‘Future-se’ é o desmonte das carreiras do magistério superior, do ensino básico técnico e tecnológico (EBTT) e dos técnicos-administrativos. Isso porque o programa aponta para a cessão dos atuais servidores para as Organizações Sociais e, ainda, para a contratação via essas organizações e não mais através de concursos públicos, vinculado ao Regime Jurídico Único.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *