Câmara de VereadoresHistóriaMemóriaPrefeituraSegurança

COLUNA. Luiz Roese e quatro temas: gare é daqui, área do Exército, prédio do 1º RPMon e a TV Câmara

Brigada Militar quer reformar prédio do 1ºRPMon em Santa Maria

A Brigada Militar abriu licitação para contratar uma empresa  que faça a obra de reforma de prédio do Complexo do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), localizado na Rua Pinto Bandeira, no bairro Dores, em Santa Maria. O serviço deve incluir a substituição da cobertura existente por telhado novo e instalações elétricas. A licitação está marcada para 20 de agosto, na Central de Licitações do Estado, no Centro de Porto Alegre. A obra está orçada em pouco menos de R$ 2 milhões.

Esse lugar tem muita história.

Sem interessados para pecuária em área do Exército, de novo

No final de maio, escrevi (AQUI) que o Exército ofereceu, de novo, área no Campo de Instrução de Santa Maria (CISM) para pecuária. É a chamada Invernada Picadinha, com 680 hectares e fica a cerca de 8,7 km do centro de Santa Maria, junto à Sede do distrito de São Valentim. Mas não houve interessados, de novo.

Desde 2013, gare está com a prefeitura de Santa Maria

Foi divulgado que o governo federal assinou um termo de cessão da gare da Viação Férrea no dia 15 de julho deste ano (imagem acima), um dia após o incêndio que destruiu um vagão na antiga estação. Ocorre que o termo assinado recentemente era só um aditivo. Pois a gare está cedida ao Município desde 2013, pelo menos (imagem abaixo).

O vagão incendiado tinha mais de 80 anos e estava exposto desde 2013, após ser reformado pela empresa férrea ALL (foto abaixo, de João Alves/AIPM). Antes desse incêndio de agora, a antiga estação já tinha passado por outras situações relacionadas a fogo. Então, não foi por falta de aviso.

Não temos mais trens passando por Santa Maria desde 1997.

Câmara de Santa Maria quer comprar equipamentos para a TV e a Comunicação 

Uma licitação está aberta para aquisição de equipamentos para a TV Câmara, equipamentos de fotografia para a Diretoria de Comunicação e de monitoração de TV para o Plenário da Casa Legislativa. As propostas dos interessados serão conhecidas em 5 de agosto. Entre os itens que a Câmara quer estão câmera fotográficas, câmeras de externa, teleprompters, baterias, tripés, iluminador e baterias, entre outras coisas. O valor total máximo admitido na licitação é de R$ 419 mil. CONFIRA A LICITAÇÃO AQUI.

(*) Luiz Roese é Jornalista. Ele vive outra vez na boca do monte, após um lapso de tempo em que retornou a Porto Alegre, depois uma dúzia de anos em Santa Maria – onde se aquerenciou no início do século e atuou profissionalmente nos jornais Diário de Santa Maria e A Razão. Ele é colunista deste site, escrevendo às quintas-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo