BASTIDORES. Bolinha cancela licitação de R$ 305 mil, Luci Duartes, Democracia em Vertigem e UFSM

BASTIDORES. Bolinha cancela licitação de R$ 305 mil, Luci Duartes, Democracia em Vertigem e UFSM

BASTIDORES. Bolinha cancela licitação de R$ 305 mil, Luci Duartes, Democracia em Vertigem e UFSM - Bolinha

Licitação cancelada por Adelar Vargas – Bolinha visava adquirir e instalar sistema de som digital para o Plenário. Foto Allysson Marafiga

Por Maiquel Rosauro

O primeiro ato oficial do vereador Adelar Vargas – Bolinha (MDB), como presidente do Legislativo de Santa Maria, foi revogar a licitação que visava a aquisição e instalação de um sistema de som digital no Plenário da Câmara, ao custo de até R$ 305.996,67. O processo havia sido aberto, ano passado, durante mandato de Cida Brizola (PP) na presidência da Casa.

Nos bastidores, a oposição, que hoje controla a Câmara, diz que a licitação foi lançada no apagar das luzes (em 26 de dezembro) e comprometeria os recursos orçamentários da dotação reservada para o processo.

Entre os objetos que seriam adquiridos estão kits de microfones sem fio, microfones de mão, mixer de áudio, amplificadores de áudio e caixas acústicas.

 

Jairo Jorge

A vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) demonstrou no Facebook toda a sua decepção com o ex-candidato a governador pelo PDT, Jairo Jorge. O político desfiliou-se da sigla e partiu para o PSD, legenda em que pretende concorrer a Prefeitura de Canoas, em outubro:

 

Enquanto isso, no Twitter…

O PSDB não está sabendo como lidar com a indicação de Democracia em Vertigem ao Oscar de melhor documentário. No Twitter, o partido não escondeu seu descontentamento.

A dor de cotovelo também atingiu o Movimento Brasil Livre (MBL):

Enquanto isso, Petra Costa, diretora do documentário, comemorou o reconhecimento da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas:

 

UFSM

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) é a 10ª universidade do mundo com maior produção científica feita por mulheres. A informação foi divulgada pelo Leiden Ranking 2019, levantamento feito pelo Centro de Estudos da Ciência e Tecnologia da Universidade de Leiden, na Holanda.

Conforme a pesquisa, 50,5% dos autores da UFSM são mulheres. O estudo analisou dados referentes a conteúdos publicados entre 2014 e 2017. O gênero foi avaliado com base em um algoritmo que identifica, com 90% de precisão, nome e nacionalidade do autor do trabalho.

BASTIDORES. Bolinha cancela licitação de R$ 305 mil, Luci Duartes, Democracia em Vertigem e UFSM - UFSM-produção-cientifica

UFSM é um dos destaques de pesquisa mundial realizada por centro de estudo holandês. Foto Reprodução.



2 comentários

  1. O Brando

    Resumo da ópera: no Casarão tem dinheiro para tudo, menos para terminar a obra do elefante branco. Negócio ali é empurrar para o executivo e depois fazer discurso ‘malhando’ porque não termina a obra.
    Jairo Jorge é problema do eleitorado de Canoas, alás teve os bens congelados pelo TRF4, não sei como anda esta história. Falando nisto, como ficou a história do ponto ,MP levou adiante?
    Vermelhinhos ganhando em Hollywood, capital do imperialismo cultural ianque, não tem problema.
    UFSM é a universidade com maior produção cientifica do bairro Camobi! Praticamente um IgNobel!

  2. Hugo

    90% de imprecisão pode levar os 50,5% para 45% dirão pessimistas ou 55% os otimistas.
    Analisando o dado básico (lista que abre o link) a UFSM está em 679º.
    Que bom. Alguém explorou o link para achar um indicador que colocou a UFSM num Top Ten.
    Maringá que é 812º passa para segundo.
    Tá na hora de uma REITORA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *