SALA DE DEBATE. De longevidade às questões dos combustíveis, Bolsonaro, investimentos e da RSC 287

SALA DE DEBATE. De longevidade às questões dos combustíveis, Bolsonaro, investimentos e da RSC 287

SALA DE DEBATE. De longevidade às questões dos combustíveis, Bolsonaro, investimentos e da RSC 287 - sala-de-debate-1

Editor, mediador Bisogno e convidados: Elvandir Costa, Luiz Ernani Araújo, Walter Jobim Neto e Alfeu Bisaque (foto Gabriel Cervi Prado)

Que se diga: foi um animado “Sala de Debate” o desta segunda-feira, entre meio dia e 1 e meia, na Rádio Antena 1, com a mediação de Roberto Bisogno. Houve espaço para a amenidade, ou tema mais leve, como a longevidade gaúcha ou a história de vida (muito interessante) de Vicente Accetta Bisogno, mas, sobretudo, houve questões bastante quentes e atuais, tratados por este escriba e pelos convidados do dia, Elvandir Costa, Luiz Ernani Araújo, Walter Jobim Neto e Alfeu Bisaque Pereira.

Nesta, digamos, categoria ganhou destaque a crise do petróleo, com inevitável interferência no mercado brasileiro. E não apenas nas bombas de combustíveis, senão que também no setor financeiro e na bolsa de valores e no câmbio. Também mereceram a atenção, e com alguma polêmica, o “estilo” Jair Bolsonaro de presidir o País e, claro, a recorrente discussão sobre a duplicação da RSC 287.

PARA OUVIR O “SALA” DE HOJE, BLOCO POR BLOCO, CLIQUE NOS LINQUES ABAIXO!!!

 



9 comentários

  1. O Brando

    Obvio que a importação de gasolina não começou no governo Temer. Vem de longe.

    http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2014/02/petrobras-gastara-140-mais-com-importacao-de-combustivel-ate-2020.html

  2. O Brando

    Alás, Brasil andava importando etanol dos EUA. Parece que ainda importa.

    https://jornalcana.com.br/importacao-de-alcool-assombra-visita-de-dilma-aos-eua/

  3. O Brando

    Se para ser bom caráter é necessário roubar, ir para a cadeia, viver tentando enganar os outros, então sou o maior mau caráter.

  4. O Brando

    Esquerda sempre utilizou identidade como arma politica. Definem o que os outros são e declaram ser a negação daquilo. Esta prática generalizou-se, passou para outros campos políticos; alguns perdem tempo tentando se justificar, tentando evitar o rótulo. Não gosto desta abordagem, os outros que pensem o que quiserem (mesmo porque não adianta argumentar), problema não é meu.

  5. O Brando

    B38 teria (não é possível verificar este informe) se reunido com Steve Bannon antes de começar a campanha. Este teria dito ‘a mídia é o inimigo, inunde o noticiário com lixo’. Olhando daqui o conselho seria colocar em pauta mais do mesmo. Não tem coisa mais irrelevante, por exemplo, do que o caso Ronaldinho.

  6. O Brando

    Assisto mais Band News, é mais profissional, não tem tanta ‘informalidade’ e nem jornalistas sub-celebridades. Na época de Davos, por exemplo, Renata Loquete entrevistava um analista politico (zapeio por lá ocasionalmente). Discurso era Amazônia e investimentos, quase colocou a resposta na boca da outra criatura. Afirmação do entrevistado foi: estão preocupados (no que diz respeito a mudanças climáticas) com o retorno do investimento (não dá para deixar a Lamborghini na garagem do prédio se ela pode inundar) e opinião pública (como diz a Pirralha, mas o pessoal não está preocupada em ouvir o que ela fala, estão muito ocupadas apoiando).

  7. O Brando

    Para julgar qualquer governante é necessário ver se os recursos que ele tem poderiam ser aplicados de maneira mais eficaz ou de forma diferente para resolver os problemas. Exigir resultados inalcançáveis não é razoável. Vale para a duplicação, para o Posto Ipiranga, etc.
    Juros caíram no país. Sobe o dólar. Coronavirus provoca uma prisão de ventre na economia chinesa. Exportamos menos commodities e o dólar sobe. Petróleo despenca e o dólar sobe. Alás, imprensa mundial declarou pandemia a revelia da Organização Mundial da Saúde. Democratas tentaram utilizar a doença como ferramenta politica. Vale tudo para eleger Biden. O que leva a outro assunto, mídia não quer informar, quer formar opinião.

  8. O Brando

    Economia não anda. Precisa de investimentos. Governo está quebrado. Iniciativa privada está com excesso de capacidade instalada em muitos setores. Dinheiro de fora não vem. Posto Ipiranga é liberal. B38 foi eleito com este programa. Logo, para quem não percebeu, não vai implantar o programa de governo de Ciro Gomes. Alás, imprensa faz revezamento, uma hora bate no ministro da justiça, noutro bate no da economia.
    Reforma administrativa diminui gastos do governo. Tributaria aumenta a eficácia na tributação (se sair) e melhora o ambiente de negócios. Diminuiria custos da iniciativa privada também. Problema? Rating do Brasil da ultima vez que eu vi era BB- com viés positivo.
    Precisa recuperar o grau de investimento para que fundos de pensão voltem para o pais. Caso contrário só na base da amizade, Arabia Saudita, China, etc.

  9. O Brando

    Pessoas atualmente estão super-sensíveis e contrariadas ficam nervosas, comportam-se como crianças. Impressionante.
    Duplicação? Deixando as ideologias de lado e as pessoas que se declaram técnicos em todo e qualquer assunto, é só perguntar para algum aluno do quarto semestre de administração. Ele vai informar que o projeto do canal de distribuição tem como foco o cliente. Santa Maria está no começo da metade sul. Não tem mercado consumidor muito grande (não é POA e nem Caxias) e não produz muita coisa. Ultima empresa que instalou-se na aldeia foi a KMW. Nelson Jobim teve dedo nesta história. A empresa não vai ficar para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *