ELEIÇÕES 2020. PROS deixa o Frentão Trabalhista

ELEIÇÕES 2020. PROS deixa o Frentão Trabalhista

Por MAIQUEL ROSAURO (com imagem de Reprodução), da Equipe do Site

ELEIÇÕES 2020. PROS deixa o Frentão Trabalhista - maiquel-pros

Comunicado divulgado na noite desta sexta (8). Legenda foi a primeira a anunciar apoio à pré-candidatura de Marcelo Bisogno à Prefeitura

A Frente Ampla Democrática e Trabalhista perdeu uma de suas legendas. Na noite desta sexta-feira (8), o Partido Republicano da Ordem Social (PROS) anunciou o desembarque. Desta forma, a aliança tem agora com seis legendas: PDT, PTB, Avante, PCdoB, PSB e Rede Sustentabilidade.

O PROS foi o primeiro partido a anunciar o apoio à pré-candidatura de Marcelo Bisogno (PDT) à Prefeitura, em 26 de janeiro. À época, a agremiação era dirigida por Moacir Alves.

Três meses depois, tudo mudou. Outras cinco legendas entraram na Frente, Alves partiu para o Avante e há dúvida se o pré-candidato a prefeito será Bisogno ou Fabiano Pereira (PSB).

Oficialmente, o presidente do PROS/SM, Jéferson Nunnes, informa que o partido deixou a aliança para adotar uma postura de neutralidade.

“A decisão foi corroborada por orientação do Diretório Estadual do partido visando a possibilidade de dialogar com outras agremiações partidárias que possam ter melhor e/ou proximidade ideológica com a sigla, haja vista o término do prazo para as convenções partidárias apenas em ago/20”, diz Nunnes.

O Avante/SM, partido com ideais próximos ao do PROS/SM, reuniu sua Executiva na noite desta sexta (8) para debater o pleito de 2020. Conforme o Site apurou, a legenda permanece no Frentão. Ao menos por enquanto…



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *