CÂMARA. Vereadores votam projeto que concede “meia entrada” em eventos, para doador de sangue

CÂMARA. Vereadores votam projeto que concede “meia entrada” em eventos, para doador de sangue

CÂMARA. Vereadores votam projeto que concede “meia entrada” em eventos, para doador de sangue - d1eb2d7e-maiquel-câmara-deili

Projeto de Deili Silva atualiza legislação de 2012 – que valia para eventos culturais. Agora, também se inserem eventos esportivos e de lazer

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Allysson Marafiga/AICV), da Equipe do Site

O Legislativo de Santa Maria colocará em votação, na manhã desta quinta-feira (18), projeto da vereadora Deili Silva (PSD) que institui o pagamento de meia-entrada aos doadores de sangue em eventos culturais, esportivos e de lazer no município. A lei abrangerá tanto eventos realizados em espaços públicos como privados.

O projeto considera como doador de sangue os cidadãos que possuam registro em hemocentros e bancos de sangue identificados com documento oficial e expedido por entidade credenciada.

A iniciativa revoga a Lei Municipal 4619/2002, que assegurava aos doadores de sangue o pagamento de meia-entrada no ingresso em casas de diversões, espetáculos teatrais, musicais, circenses, salões de bailes, cinemas, praças esportivas e similares, quando em eventos promovidos pelo Município.

Na Justificativa da proposta, Deili alega que o objetivo de atualizar a legislação contribui para o ato de salvar vidas. Além disso, a proposta visa a incentivar e conscientizar a população para a doação de sangue, assim como criar mecanismos que despertem o interesse pelo ato.

“Busca-se valorizar estes cidadãos atualizando o incentivo à meia-entrada, anteriormente previsto apenas para eventos culturais, estendendo-se, este, a eventos esportivos e também de lazer realizados no âmbito do Município”, afirma Deili.

Ainda conforme o projeto, os estabelecimentos privados atingidos pela lei poderão ser reconhecidos pelo selo “Amigo da Vida”.

Para ser tornar lei, a proposta precisa ser aprovada em Plenário e sancionada pelo prefeito Jorge Pozzobom (PSDB).

Para conferir o texto na íntegra, clique AQUI.

 



3 comentários

  1. Rose

    Como tem pessoas que gostam de se servir das coisas dos outros , porque que não pega 30 % do seu salario de vereadora e compra ingressos para as pessoas doadoras. Simples…eu sempre doei por amor , nunca por meia entrada e se fosse o caso não doaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *