ELEIÇÕES 2020. Ex-aliado de Fabiano no PSB vai assumir o PROS e agremiação apoiará Cechin, do PP

ELEIÇÕES 2020. Ex-aliado de Fabiano no PSB vai assumir o PROS e agremiação apoiará Cechin, do PP

ELEIÇÕES 2020. Ex-aliado de Fabiano no PSB vai assumir o PROS e agremiação apoiará Cechin, do PP - 9abb1e06-maiquel-cechin-pros

Cechin deve chegar ao fim das convenções municipais, em 16 de setembro, com o apoio de oito partidos, além do dele, o Progressistas

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Reprodução), da Equipe do Site

O vice-prefeito e pré-candidato ao Executivo Sergio Cechin (PP) pode contar com mais uma legenda em sua coligação. Em uma inesperada reviravolta, o PROS retornará à Frente Abraça Santa Maria, após uma longa negociação com a Frente Trabalhista liderada por Marcelo Bisogno (PDT). Quem assumirá as rédeas da agremiação é o ex-assessor de Comunicação do PSB/SM, Tiago Fernandes.

O deputado estadual e presidente do PROS/RS, Rodrigo Maroni, confirmou ao Site que Fernandes será o novo presidente municipal da legenda.

“Em todas as cidades é o PROS Municipal que define. E o Tiago Fernandes vai começar a administrar o partido em Santa Maria e ficará a critério dele (a coligação)”, disse Maroni.

Fernandes acompanhou Fabiano Pereira (PSB) durante 17 anos, mas neste momento escolheu Cechin para coligar-se à Prefeitura.

“Escolhi o Sérgio pelo trabalho, pela identificação que tive com ele durante o período em que trabalhei na extinta COHAB e como resultado foram quase 1.600 escrituras. Sérgio sempre foi um grande parceiro”, afirma.

Fernandes relata que o PROS ajudará Cechin na pauta da regularização fundiária, defesa dos animais e na busca por uma gestão eficiente que de resultados à cidade.

“Santa Maria precisa reagir. Estamos atravessando um ano atípico, difícil e está na hora de se ter equilíbrio”, argumenta.

Idas e vindas

O caminho do PROS/SM, nos últimos meses, é marcado por idas e vindas. No início do ano, o então presidente Moacir Alves anunciou o apoio do partido a Bisogno. Pouco depois, Alves partiu para o Avante e Jeferson Nunes assumiu à dianteira.

Nunes retirou o partido da frente pró-Bisogno e rumou para os lados de Cechin. Porém, a parceria não durou nem 24 horas. Tão logo soube dos planos da Executiva Municipal, Maroni vetou o embarque na aliança.

Não demorou para a debandada de toda a Executiva do PROS/SM e uma reaproximação com a Frente Trabalhista de Bisogno. Porém, o namoro terminou após o pedetista divulgar a nota à imprensa que confirma sua pré-candidatura ao Executivo. O documento possuía a assinatura do PROS, porém a aliança ainda não estava 100% fechada.

Agora, caberá a Fernandes, o terceiro presidente do partido em 2020, reconduzir a legenda para o abraço de Cechin. Até o dia 16 de setembro, último dia para as convenções partidárias, o PROS deverá divulgar seus candidatos ao Legislativo.

Hoje, a Frente Abraça Santa Maria é composta por oito agremiações: PP, MDB, PL, Podemos, Avante, Solidariedade, PRTB e Patriota.



3 comentários

  1. Milton Neto

    Foi na verdade 17 anos sugando nas costas do Fabiano. Agora que secou a fonte foi para outros pampas. Oportunista. O abraça Santa Maria se cercando desse tipo de gente.

  2. Tiago Fernandes

    Não conheço esse fake mas importante ressaltar que sempre trabalhei e estudei.
    Ao contrário de muitos que sugaram e continuam sugando nessa política antiquada que sobrevive em alguns partidos.
    Minha escolha foi pautada no equilíbrio e tenho no Deputado Rodrigo Maroni um grande amigo , fomos colegas e 2009 e sempre mantivemos contato.
    Desde 2003 acompanhei o Fabiano, muitas vezes não tinha nem remuneração, ao contrário de alguns que infelizmente alimentam o ódio e a ingratidão e costumam falar mais que as suas próprias sabedorias.
    Tenho respeito, gratidão e agradeço ao Fabiano por tudo que aprendi e convive durante o tempo em que acompanhei.
    Mas na política é necessário um momento de reflexão e de equilíbrio e quando não ocorre sintonia nas suas posições infelizmente é o tempo certo para mudar.
    Fabiano é meu amigo, meu irmão e os fake mesmo querendo jamais irão mudar isto.
    Espero que essa disputa seja sadia e pautada na ética porque senão for saberei tratar por igual aqueles que tentam em não ser assim.
    Grande abraço!

    • Rose

      Acho que foi a nocaute….parabens…acompanho de longe tua trajetoria politica e eu como uma das comentaristas mais importantes do sitio do Claudemir não tenho nada a desabonar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *