DestaqueSanta Maria

ELEIÇÕES 2020. “Agradecemos a confiança de 53.616 santa-marienses”, diz o vice-prefeito Sergio Cechin

Progressista diz respeitar a decisão soberana das urnas de Santa Maria

“Fizemos um trabalho lindo, uma campanha limpa, de propostas de mudanças”, disse Sergio Cechin. Foto Gabriele Braga / Divulgação

Por Maurício Araujo / Coligação Santa Maria Agora Sim

Gratidão. Essa é a palavra que guiou a campanha da Coligação Santa Maria Agora Sim, e, especialmente, a caminhada dos candidatos a prefeito e a vice-prefeito Sergio Cechin (Progressistas) e Dr. Francisco Harrisson (MDB). Neste momento, agradecemos a participação dos eleitores santa-marienses neste processo democrático. Respeitamos a decisão soberana das urnas, e esperamos que o prefeito reeleito conduza a cidade de forma respeitosa, equilibrada e transparente.

“Nós fizemos um trabalho lindo, uma campanha limpa, de propostas de mudanças, e não de continuidade. Respeitamos a decisão democrática, e, principalmente, agradecemos a confiança de 53.616 santa-marienses que acreditaram no nosso projeto. Gratidão por todos que foram às urnas e participaram deste processo. A cada eleitor, o meu abraço, o meu carinho e o meu respeito”, destacou Cechin.

A Coligação Santa Maria Agora Sim concorreu a prefeito e a vice-prefeito com Sergio Cechin e Dr. Francisco Harrisson. A aliança pelo Sim a Santa Maria contou com os seguintes partidos políticos: Progressistas, MDB, PL, Solidariedade, Patriotas, Avante, PRTB e PROS.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Harrisson tem tempo, deve ter aprendido algo, se quiser continuar na carreira politica.
    Coalizão, se aconteceu uma vez pode acontecer de novo, poderia, com muita conversa, candidatar alguém a deputado estadual no próximo pleito. Não necessariamente Cechin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo