Sem categoriaUFSM

CIDADANIA. O que a UFSM já fez para ajudar no combate à Covid. Relatório lista e descreve 70 ações

Exemplo? Mais de 37 mil testes feitos e 11,3 mil litros de álcool produzidos

Da Assessoria de Imprensa da Sedufsm / Por Bruna Hommrich (com Imagem de Reprodução)

Desde o início da pandemia, a UFSM tem se voltado para planejar e efetivar ações de combate à Covid-19. Ainda que a presencialidade nas atividades não essenciais tenha sido suspensa em março do ano passado, a instituição, ao invés de parar, vem trabalhando intensamente. É o que aponta o “Relatório Covid-19 2020”, lançado pela reitoria no último dia 18 de dezembro, durante sessão solene do Conselho Universitário (Consu).

DESEJA CONFERIR A ÍNTEGRA DO RELATÓRIO COVID, DA UFSM? BASTA CLICAR AQUI.

O documento possui 52 páginas e é dividido em nove eixos: Apresentação; Parcerias, Apoios e Representatividade; UFSM Online; Enfrentamento ao Coronavírus; Assistência Estudantil; Suporte aos Servidores; Engajamento da Sociedade; Comunicação e Transparência. Ao todo, mais de 70 ações de prevenção e combate ao coronavírus – seja no ensino, na pesquisa ou na extensão – são apresentadas no documento.

Testes

Um dos dados mais significativos do relatório é o que traz o número de testes realizados pelos campi da UFSM em Santa Maria e Palmeira das Missões durante o ano de 2020. Contabilizando ambos os campi, foram feitos 34.239 testes moleculares para a Covid-19, sendo que 17.133 ocorreram em Santa Maria e 17.106 em Palmeira das Missões. O processo de testagem não se limitou às cidades sede da instituição, abrangendo 82 municípios.

Além dos testes feitos exclusivamente nas dependências da UFSM, a universidade também fechou parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Maria e com a Secretaria Municipal de Saúde, participando, com seus servidores e estudantes, de mutirões para realização de testes rápidos.

Produção de álcool

Ao todo, a UFSM produziu, até então, 11.394 litros de álcool, sendo 638 litros de álcool em gel, 3.038 litros de álcool líquido 70%, 5.248 litros de álcool glicerinado e 2.470 litros de álcool 35%. Esse material foi distribuído principalmente à comunidade, como os residentes das moradias estudantis e os usuários e usuárias do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM).

A produção aconteceu em diversos pontos e cursos da universidade, a exemplo da Usina Piloto de Etanol do Colégio Politécnico, da Farmácia Escola do Centro de Ciências da Saúde (CCS) e do Laboratório de Análises Químicas Industriais e Ambientais do departamento de Química do Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE).

Produção de EPIs

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) são uma das formas mais eficazes de proteger tanto profissionais de serviços essenciais quanto a população em geral contra o coronavírus. E essa foi outra das frentes da UFSM durante a pandemia: a produção de equipamentos como máscaras e protetores faciais, elaborados através de impressões 3D. Outra funcionalidade de tais impressoras é a produção de peças de respiradores que estejam atualmente indisponíveis no mercado. Até então, mais de 6 mil peças já foram produzidas na UFSM e disponibilizadas para entidades de todo o estado…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo