DestaqueSanta Maria

CIDADANIA. A pedido de familiares da Kiss, AL pedirá celeridade da OEA na apuração de denúncia

Comissão de Direitos Humanos recebe (e acolhe) solicitação feita pela AVTSM

Reunião virtual da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa acolheu a solicitação (foto Reprodução/AL)

Por Marcelo Antunes / Da Assessoria de Imprensa do Parlamentar

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) da Assembleia Legislativa acolheu, nesta quarta-feira (19), uma solicitação feita pela Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) a respeito do incêndio da Boate Kiss. O episódio, que ocorrem no dia 27 de janeiro de 2013, provocou 242 mortes e deixou mais de 600 feridos.

Os deputados e deputadas da CCDH confirmaram que o órgão vai reforçar o pedido para que a denúncia encaminhada pela AVTSM a respeito da tragédia seja analisada o mais rápido possível. Na petição internacional encaminhada em 2017 para a CIDH, que é vinculada a Organização dos Estados Americanos (OEA), a entidade santa-mariense cobra a responsabilização do Brasil pela violação dos direitos das famílias das vítimas do incêndio da boate Kiss.
“Recorremos à Corte Interamericana porque tivemos nossos direitos barrados dentro do nosso país, o que é inadmissível. As consequências da tragédia continuam acontecendo. Perdemos quase 15 pais (de vítimas da tragédia) nesses últimos 8 anos. Os pais vêm morrendo aos poucos ao longo dessa luta. Essa tragédia continua matando”, afirmou o presidente da AVTSM, Flávio Silva, em manifestação na reunião da CCDH nesta quarta-feira.

O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT), que formalmente, junto com o deputado Jeferson Fernandes, reivindicou o endosso da CCDH ao pedido da AVTSM, reafirmou a necessidade da reparação de direitos na tragédia da Kiss. “É uma tragédia que a gente nunca pode esquecer, porque ela demonstrou que o poder econômico era muito mais importante do que a vida das pessoas. Precisamos de ações concretas para que a justiça aconteça. Ninguém quer vingança, mas sim justiça. A Assembleia está contribuindo para que isso não fique parado”, assinalou.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo