DestaqueSanta Maria

BARRACO DA ALEMOA. Frida ZenKalo, mandato hereditário (???) e vereadores na lida do recesso

E ainda há a música com a super Beth Carvalho e o reajuste do gás de cozinha

De filho para mãe

E esta semana, após o senador Ciro Nogueira (PP-PI) assumir uma pasta no governo Bolsonaro, a vaga dele ao senado foi ocupada, adivinhem por quem? Pela mãe dele, Eliane Nogueira (PP). Para quem imaginava que o patrimonialismo algum dia tinha sido extinto da política brasileira, esse exemplo faz lembrar o refrão da música do saudoso rei do baião, Luiz Gonzaga:

Se é de pai pra filho

De filho para pai

De sobrinho pra tio

Alguma coisa sai

Então vou por aí…”

Tudo vira samba

A trilha sonora do momento, no Brasil, com o aumento da energia elétrica, dos combustíveis, do gás de cozinha, remete aos anos 1970, com a canção de sucesso da sambista, Beth Carvalho:

Que saudade tenho do tempo de outrora

Que vida que eu levo agora

Já me sinto esgotado

E cansado de penar (meu Deus)

Sem haver uma solução

De que me serve um saco cheio de dinheiro

Pra comprar um quilo de feijão…”

Vereadores Getúlio de Vargas (Republicanos) e Anita Costa Beber (PP) em visita ao interior do município (foto Divulgação)

Trabalho no recesso

E para não dizer que não falei de flores (salve, Geraldo Vandré), faço referência à nossa briosa Câmara de Vereadores. Enquanto desfrutam de um merecidíssimo descanso (recesso), sugiro que todas sigam o exemplo de alguns edis (ver foto acima), que seguem visitando localidades da nossa cidade, especialmente os distritos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo