DestaqueSanta Maria

LÁ DO FUNDO. Troca na Câmara, “ponto facultativo” nos dois Poderes, dia de vacinação e cerco a Schuch

Transporte para vacinar, mudanças no Legislativo, “chegadas” no futuro reitor...

Mesa eleita em dezembro. Ricardo Blattes (E) renunciou. Danclar Rossato (de chapéu) assume no lugar dele (foto Divulgação/Câmara)

Por Claudemir Pereira / Editor do Site

– Depois da renúncia de Ricardo Blattes, apenas uma semana depois acontece a próxima reunião ordinária da Câmara de Vereadores

– E isso porque nesta terça-feira não há sessão, por conta do Feriado da Independência. Aliás, confirana foto ali em cima, apenas por curiosidade, a Mesa eleita em 1º de janeiro passado.

– Antes ainda da mudança formal da composição da Direção, com a entrada do suplente Danclar Rossato como 2º vice-presidente, acontece, na quarta, 5 da tarde, uma importante audiência pública.

– O encontro será no plenário e vai discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias. Entre os temas tratados pela LDO estão as prioridades e metas da Prefeitura para 2022.

– Por conta da pandemia, o público será limitado nas galerias. Mas é possível acompanhar a audiência, ao vivo, pela TV Câmara e redes sociais.

– E segue a vacinação anticovid em Santa Maria (abaixo, o link para a Agenda da semana). Mas nesta segunda-feira tem uma NOVIDADE.

– Com o objetivo de incentivar a imunização, ao longo da manhã até o meio-dia, um ônibus sairá do paradão da Avenida Rio Branco em direção ao Clube Dores, onde ocorre vacinação.

Quem embarcar, não pagará a passagem. O retorno ao Centro também será gratuito. A iniciativa da Prefeitura tem apoio do Sistema Integrado Municipal (SIM). 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR TODA A AGENDA DE VACINAÇÃO EM SANTA MARIA

– Mais importante fica essa estratégia porque hoje é ponto facultativo. Na Prefeitura e na Câmara de Vereadores, não há expediente administrativo nesta segunda-feira.

– Tanto um quanto outro poder reabrem na próxima quarta, às 7 e meia da manhã. No caso do Centro Administrativo, com uma novidade no acesso. Detalhes AQUI.

Schuch, com parceiras de chapa, Martha Adaime e Cristina Nogueira: compromissos com a comunidade da UFSM (foto Divulgação)

– Para fechar: a qualquer momento deve ser confirmada a nomeação de Luciano Schuch para assumir a Reitoria da UFSM no final de dezembro.

– O interessante é a quantidade de pais da criança que começa a aparecer, inclusive no âmbito federal. E que, por sinal, não fechava ideologicamente com o atual vice até outro dia.

Aliás, é evidente que Schuch papeia com todo mundo (como Burmann também, ao contrário do que reza o mito), mas assumir certos compromissos só mesmo na imaginação de uns e outros.

Afinal, muito antes desse momento, o próximo reitor se submeteu a um escrutínio da comunidade universitária, na forma de pesquisa. Logo… Se engana quem quiser.

– Agora, que não faltam interessados em tutelá-lo parece não haver dúvida alguma. E ponto.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Pequenos problemas no ‘raciocinio’ de Claudemir com P. Antes da nomeação todos sabiam qualquer integrante da lista triplice poderia ser nomeado. Bibo Nunes anunciou a nomeação, ou seja, é assunto secundário (ou menos) em BSB. Schuch até pode ‘papear’ com todo mundo, mas eleger-se e ser nomeado sem assumir compromissos é historia da Carochinha (o conteudo de todas as comunicações dele são conhecidas?). Burmann já é diferente, até porque ‘conversar’ não resolve nada. Para quem não lembra foi o ‘magnifico’ que recebeu Molusco com L. na instituição com segurança feita pelo MST.
    Pesquisa na comunidade universitaria olhando aqui de fora foi chunchada. Tutela só pode acontecer se houver poder de atuar na situação, gente querendo cabide sem poder de fazer algo não é impossivel.
    Resumo da ópera: ‘propagandinha’ no rumo de ‘ganhamos quem perdeu que vá c4g4r’, está tudo ‘perfeito’. Só dando risada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo