DestaqueRegião

AGUDO. Comissão da Assembleia aprova parecer do projeto que confere título de Berço dos Dinossauros

Projeto foi apresentado no Legislativo pelo deputado que lidera bancada do PL

Deputado Paparico Bacchi com o prefeito Luís Henrique Kittel e vice Pedro Álvaro Müller Júnior (Foto Antonio Grzybowski/AL)

Por Antonio Grzybowski / Assembleia Legislativa

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou parecer favorável ao projeto de lei que confere o título de “Berço dos Dinossauros” ao município de Agudo. A proposta é do deputado Paparico Bacchi (PL). De acordo com o relatório da deputada Juliana Brizola (PDT), “os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico encontrados no município, constituem patrimônio cultural da nação, razão pela qual justifica-se a presente proposição”.

Valor histórico

Na justificativa do Projeto de Lei 85/2021 (85/2021), Bacchi destaca o valor histórico, cultural e econômico dos estratos rochosos localizados em Agudo bem como toda a região da Quarta Colônia do Rio Grande do Sul. De acordo com o líder da bancada do Partido Liberal no Parlamento gaúcho, são registros de fósseis preservados com origem nos dinossauros, datados de aproximadamente 233 milhões de anos, que despertam o interesse de pesquisadores, revistas científicas e de turistas.

“O estudo dos fósseis permite a compreensão da evolução da vida na Terra e consequentemente, da nossa própria história”, pontua o deputado autor da proposta e que também é graduado em História pela Universidade de Passo Fundo.

Pesquisa e divulgação

Os fósseis encontrados em Agudo encontram-se salvaguardados no Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), localizado no município de São João do Polêsine. Neste local são realizadas pesquisas, publicações e a divulgação do patrimônio paleontológico de toda região da Quarta Colônia. Os fósseis coletados foram publicados em renomadas revistas científicas internacionais e nacionais, além de terem sua descoberta veiculada em programas nacionais e internacionais de televisão.

Tramitação

Após ser aprovada na CCJ a proposta segue para apreciação conclusiva na Comissão de Assuntos Municipais. De acordo com resolução anterior, projetos de lei desta natureza deixam de ser obrigatoriamente apreciados em plenário.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo