DestaqueSegurança

SEGURANÇA. Polícia prende três. Um é acusado de matar mulher de 39 anos e 2 filhos, de 15 e 4 anos

Triplo homicídio foi dia 20 de abril, em incêndio na casa na casa das vítimas

Com dois dos presos a polícia apreendeu várias armas, simulacro, balança de precisão e drogas, entre outros objetos (fotos Divulgação)

Com informações (texto e fotos) da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pesssoa (DPHPP)

No final da manhã desta segunda-feira (18), policiais civis da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Santa Maria prenderam dois homens no Bairro Nonoai.  Um deles foi preso preventivamente em decorrência da investigação de um triplo homicídio em Santa Maria-RS, praticado na madrugada de 20 de abril, no bairro Diácono João Luiz Pozzobon.

Na ocasião, uma mulher (39 anos) e dois filhos dela (um adolescente de 15 e uma criança de 4 anos) foram mortos. A casa em que eles residiam foi incendiada com os corpos das vítimas no interior do imóvel.  A motivação dos crimes está relacionada ao tráfico ilícito de drogas.

O inquérito policial foi remetido ao Judiciário em julho deste ano, com o indiciamento de dois investigados. O homem preso hoje possui graves antecedentes policiais (porte irregular de arma de fogo, associação criminosa, tráfico e associação para o tráfico ilícito de drogas). Ele estava em gozo de prisão domiciliar desde 11 de fevereiro deste ano e permaneceu em silêncio ao ser interrogado.            

Em poder do outro preso (20 anos, com antecedentes policiais por lesão corporal), a Polícia Civil apreendeu um revólver calibre .38, diversas munições, balança de precisão e uma porção de cocaína.

No bairro Diácono João Luiz Pozzobon, policiais civis da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Santa Maria apreenderam três revólveres (calibre .38), munições, uma porção de crack e um simulacro de arma de fogo na residência de um investigado de 19 anos (sem antecedentes policiais). Ele foi preso em flagrante delito. As ações foram coordenadas pelo Delegado Gabriel Gonzales Zanella, titular da DPHPP.

Observação do Editor: os nomes dos presos e das vítimas não foram divulgados pela Polícia.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo