DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Onyx confirma filiação ao PL. Ele segue Bolsonaro, que oficializou a entrada na sigla

Ex-DEM, o ministro também assumiu candidatura ao governo do Rio Grande

Bolsonaro com Costa Neto e o documento de filiação. No destaque, Onyx, que será candidato do PL ao Piratini (Fotos Reprodução)

Reprodução do Site do Correio do Povo / Com informações do Portal R7

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni confirmou nesta terça-feira que irá se filiar ao Partido Liberal (PL) e que será candidato ao governo do estado do Rio Grande do Sul. “Está decidido”, disse. A afirmação foi feita durante o evento de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao partido, em Brasília.

A filiação do presidente (leia mais abaixo) inicia articulação em torno também dos seus ministros. O senador Wellington Fagundes (PL- MT) afirmou que o partido pretende filiar ao menos cinco chefes de pastas do governo Bolsonaro. Ele se referiu aos ministros Onyx, Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Marcelo Queiroga (Saúde), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Gilson Machado (Turismo) (AQUI, para a íntegra).

 Bolsonaro se filia ao Partido Liberal durante evento em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro se filiou ao PL (Partido Liberal), nesta terça-feira, em cerimônia em Brasília. A filiação consolida a aliança do chefe do Executivo com o Centrão, espectro político conhecido por se aliar ao poder, para as eleições de 2022. O governo já estava aliado com as legendas de centro, sendo hoje sua base no Congresso Nacional. O vínculo com a sigla também antecipa a disputa política do próximo ano, quando Bolsonaro tentará a reeleição.

“Seja bem-vindo ao PL. Seja bem-vindo a 2022”, disse o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, em discurso. Antes de falar, Bolsonaro pediu que o deputado Marco Feliciano fizesse uma oração. O mandatário discursou dizendo que o evento marca uma passagem para que possa pleitear algo na frente.

“Estou me sentindo em casa, dentro do Congresso Nacional, tendo em vista a quantidade de parlamentares. Lembrando das lutas e momentos de embate que vivemos juntos pelo nosso país”, afirmou. Bolsonaro passou 28 anos como deputado federal antes de se eleger presidente. Por um período, ele foi filiado ao PP (Partido Progressista), sigla que também faz parte do Centrão. Ao deixar a legenda, e depois se candidatar à Presidência, adotou o discurso de crítica ao bloco…

Outras filiações

O evento desta terça-feira marcou o ato de filiação de outros aliados políticos do presidente da República. Um deles foi o senador Flávio Bolsonaro, filho do chefe do Executivo. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, também assinou ficha de vínculo com o partido.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que também esteve no evento, afirmou que não deve se filiar ao PL ao menos nesta terça-feira. “Não. Hoje, não”, disse… (AQUI, para a íntegra)

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo