DestaqueEducação

EDUCAÇÃO. Prefeitura destina R$ 500 mil para complementar merenda escolar na rede municipal

Serão dois repasses. O primeiro ainda neste mês e o seguinte em setembro

Suplementação de verbas para alimentação das crianças e estudantes da Rede Municipal de Ensino (Foto Arquivo/Prefeitura)

Da Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal

Em todo o país, por conta do processo inflacionário, muitas escolas estão com dificuldade de financiar a alimentação escolar. Para sanar esta situação em Santa Maria, a Prefeitura, por meio das secretarias de Educação e de Finanças, adotou uma medida emergencial e criou um mecanismo para suplementar os recursos para merenda, vindos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Será feita uma destinação de R$ 500 mil, recurso distribuído entre as 80 escolas da Rede Municipal de Ensino (RME), em dois repasses. O primeiro se dará ainda em junho e o próximo em setembro.

“Este recurso está dentro do nosso contexto de melhorias das escolas, para todas as demandas que implicam um ensino de qualidade. E a alimentação escolar é um ponto crítico neste sentido, pois alunos com fome não prestam atenção na aula e aprendem menos. Temos uma demanda grande de estudantes na Rede Municipal que precisam deste suporte da escola. É a partir da gestão de recursos da Secretaria de Educação que vamos fazer esta destinação às escolas, com o objetivo de beneficiar as 80 escolas da Rede Municipal. Cada instituição vai receber um valor para investir na merenda escolar. O montante é calculado a partir do número total de estudantes que cada escola tem”, esclarece a secretária de Educação, Lúcia Madruga.

A alimentação escolar é fundamental para a garantia da segurança alimentar dos mais de 22 mil estudantes da Rede Municipal de Ensino. Tendo em vista a urgência da demanda, as equipes das secretarias tramitaram o processo com agilidade. Ainda nesta segunda-feira (27), os empenhos serão assinados. Nos próximos dias, as 80 escolas da RME receberão a primeira parcela do repasse.

PARA LER NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. O Brasil , a partir da Constituição de 1988, adotou a democracia Participativa , desde então os Conselhos são parte fundamental como forma de controle , fiscalização e participação da sociedade nas decisões só poder executivo. O Conselho de Alimentação Escolar , tem papel decisivo neste processo de aporte de recurso na Alimentação Escolar, pois foi a partir de um debate proposto por este conselho que a prefeitura tomou esta posição. Sonho o dia em se tenha a humildade em reconhecer o trabalho de todos na busca de um objetivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo