DestaqueSanta Maria

LEI KISS. Associação dos Familiares estranha não ter recebido convite para audiência pública do dia 27

Encontro vai debater questão das responsabilidades para elaboração de PPCI

A propósito de audiência pública marcada para o dia 27, que tratará de projeto que trata das responsabilidades pela elaboração de Planos de Prevenção Contra Incêndio (PPCI), a Associação dos Familiares das Vítimas da Tragédia da Kiss (AVTSM) divulgou Nota Pública. A seguir você a confere, na íntegra:

Nota pública.

A vida é o principal objetivo da lei Kiss. O Projeto de Lei Complementar n. 39/2020 que terá a audiência pública no próximo dia 27 de junho vai tratar de um assunto sério relativo a capacitação da elaboração de um PPCI.

Desde o início nesses 9 anos e meio após a tragédia da boate Kiss a AVTSM nas audiências e reuniões relacionadas a lei Kiss bem como nos seminários de prevenção e segurança contra incêndios, representando não só os familiares, mas também a sociedade que não quer que tragédias voltem a ocorrer. Diversas vezes apoiamos a elaboração da lei com esse objetivo. Preservar vidas.

Diversas vezes fomos contra as flexibilizações e adiamentos da sua implementação. Nunca deixamos e nunca deixaremos de exercer essa função tão importante para que outras famílias não passem pela dor da perda.

Sempre tivemos o nosso posicionamento baseado no conhecimento de especialistas da área de segurança contra incêndios.

Estranhamos que após o nosso posicionamento de pedidos de esclarecimento quanto a capacitação e a responsabilização do que trata a PLC não fomos mais convidados a participar da próxima audiência.

Entendemos que a capacitação e a responsabilização são os principais itens que devem nortear a lei que tem o princípio fundamental de evitar incêndios.

A lei Kiss não é uma lei de comercio, mercado, financeira ou algo desse tipo.

A lei de segurança contra incêndios deve ter no seu bojo evitar que vidas sejam perdidas.

Associação dos Familiares de Vítima e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo