DestaqueEducação

CIDADE. Sindicato dos Professores divulga uma nota sobre atentado frustrado em escola do município

“Aos nossos colegas professores, a entidade se coloca à inteira disposição”

A propósito do atentado frustrado (detalhes AQUI) pela ação das autoridades, ontem, o Sindicato dos Professores Municipais divulgou na manhã desta quinta-feira, 7, nota oficial. O texto você confere a seguir, na íntegra:

“É extremamente preocupante o episódio divulgado nesta quarta-feira (6) envolvendo a EMEF Santa Helena. O Sinprosm, como entidade representante dos professores municipais, se solidariza com a comunidade escolar de Camobi, alunos, famílias e trabalhadores da educação, no enfrentamento de situação tão alarmante para todos. Aos nossos colegas professores municipais, a entidade se coloca à inteira disposição, com sua estrutura física e de serviços.

Infelizmente, o problema da insegurança, do ódio e do revanchismo não é exclusivo desta ou de qualquer escola. Muito menos de Santa Maria ou do Rio Grande do Sul. Ele foi semeado na sociedade por lideranças que preferem armas a livros; violência à paz; raiva ao diálogo. Que preferiram, em um período muito grave de saúde pública, ignorar a ciência e adiar a solução do problema.

As escolas hoje são vítimas. O número de professores que se afastaram por problemas de saúde neste início de ano é preocupante. Os relatos volumosos de casos de agressão, automutilação, violência doméstica e dificuldade de aprendizagem nessa retomada de atividades presenciais refletem a condição geral da sociedade. Temos uma nova pandemia, agora na saúde mental.

Para além das medidas de segurança, importantes para que tragédias sejam evitadas, é fundamental um olhar diferenciado neste momento. Precisamos de políticas públicas efetivas de cuidado e acolhimento, antes de outros sustos como o que estamos vivendo.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo