DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Bisogno oficializa que não é mais candidato, divulga comunicado e deixa vaga aberta

Presidente local do PDT confirma informação do site. E ainda não há substituto

Luiz Henrique Barbudinho e Matheus Leão, duas possibilidades de substituição na disputa à Assembleia (Fotos Reprodução)

Por Claudemir Pereira / Editor do Site

Agora é oficial. O próprio Marcelo Bisogno, presidente municipal do PDT, confirmou informação PUBLICADA pelo site na madrugada passada: não concorre mais a deputado estadual e opta por continuar com sua atividade profissional de radialista. Como este espaço antecipou, ao ancorar o programa “Domingo Geral”, na Rádio Imembuí, na noite de domingo, ficou automaticamente inelegível.

E agora? O líder pedetista disse não haver, até o momento, nome local para concorrer, mas o espaço está aberto.

Com outras fontes influentes da sigla em Santa Maria, o editor apurou haver duas possibilidades. Uma já aventada aqui mesmo, a entrada na cidade de Matheus Leão, vereador de São Sepé e que tem apoio da juventude do partido e da coordenação regional do partido.

Outro é o do militante digital Luiz Henrique Barbudinho, e que tem “um perfil jovem e aguerrido”, no dizer de um graúdo na sigla santa-mariense. Ele, no entanto, que atua também na Grande Porto Alegre, não teria cogitado concorrer justamente pela existência do nome de Bisogno. Mas agora…

Enfim, pelo menos por enquanto, o PDT santa-mariense não tem candidato à Assembleia Legislativa e aposta suas fichas no nome do ex-reitor da UFSM, Paulo Burmann, que concorre à Câmara dos Deputados.

Abaixo você confere a íntegra da nota enviada pelo agora ex-candidato a deputado e presidente local do PDT, Marcelo Bisogno. A seguir:

Comunicado ao Brizolistas de Santa Maria e Rio Grande do Sul!!!!

Nos últimos anos e décadas, tenho tido uma participação e compromisso total com o PDT em Santa Maria e no Rio Grande do Sul.

Sempre que fui chamado pelo partido não titubiei, aceitei  todos os desafios e projetos, muitas vezes sabendo que seria um grande sacrifício pessoal, mas importante para o fortalecimento do PDT.

Esse ano decidi não disputar uma vaga a Assembleia Legislativa, pois entendo que posso contribuir com o partido de outras formas, ajudando na coordenação das campanhas majoritárias. Recebi um chamado da Coordenadoria Regional e da articulação nacional para contribuir neste importante processo eleitoral.

Desde 2010 venho colocando meu nome a disposição do PDT gaúcho Em 2010, concorri a Câmara Federal, em 2012 fui eleito o vereador mais votado até hoje na história de Santa Maria, com 8.713 votos, em 2014 fui candidato a deputado estadual, ficando entre os 10 deputados mais votados no PDT gaúcho,  com quase 18.000 mil votos. Em 2016 e 2020 fui candidato a prefeitura de Santa Maria, alcançando 10% dos votos válidos no primeiro turno.

Neste momento estou dedicado ao meu trabalho profissional, minha profissão que desempenho desde de 1995 no microfone e televisão em nossa cidade.

Quero agradecer as centenas de pessoas, amigos e amigas que acreditam em nosso trabalho espalhadas em todas as regiões de Santa Maria, e também em mais de 80 cidades gaúchas que já haviam anunciado e firmado apoio para esta eleição.

Agradeço de coração a todos e a todas.

Nossa caminhada continua, tudo ao seu tempo, no momento certo estaremos na novamente na luta!!

Obrigado sempre Santa Maria por tudo que tenho, por tudo que sou na minha vida pública, e na minha profissão.

Fraterno abraço!!!

Até logo!!!”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo