Arquivo

Aprender e ensinar. As (boas) razões de Luciano Ribas sobre viagem a território italiano

”Mas, de tudo que vi e senti, o melhor de tudo foi perceber o valor que o Brasil tem e tudo o que pode ensinar aos europeus. Temos defeitos, sim, como eles também os têm, inclusive nas mesmas áreas – corrupção, por exemplo. Afinal, como me disse um italiano, “siamo tutti latini”.

Somos um país criativo, com uma forte capacidade de aceitar e integrar os diferentes, sem o peso de centenas de anos de história, divisões e guerras. Somos líderes em áreas relevantes da ciência (combustíveis renováveis, por exemplo); conseguimos realizar eleições limpas totalmente informatizadas, coisa que nem o império americano consegue; temos experiências administrativas inovadoras como o Orçamento Participativo, reconhecido e recomendado pelo Banco Mundial; estamos promovendo uma revolução no acesso ao ensino universitário num prazo jamais visto, entre tantas outras coisas..”


Os parágrafos acima são parte do artigo ”Por que se orgulhar do Brasil não é exagero”, do colaborador dominical deste site, Luciano Ribas. Basta ir à caixa de “Artigos”, ao lado, para lê-lo na íntegra. Boa leitura!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo