EstadoSanta Maria

ADVOGADOS. Disputa na OAB mobiliza 580 mil profissionais; 1,2 mil em Santa Maria

Se aproxima a data em que se renovam as direções das seções estaduais (são 27) e subsecções (1.150) da Ordem dos Advogados do Brasil em todo o país. Inclusive por sua influência nos destinos da história brasileira, a OAB é, muito provavelmente, a mais importante das instituições digamos pára-estatais, ao lado da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Agora, em novembro, um contingente próximo aos 600 mil advogados registrados devem comparecer às urnas. E, estima-se, 15 mil deles são candidatos, seja a presidente ou a conselheiro, em todas as instâncias. Há, neste momento, inclusive, articulações em curso para a formação das chapas que vão concorrer.

Jobim não concorre à reeleição em SM, mas pode virar conselheiro estadual
Jobim não concorre à reeleição em SM, mas pode virar conselheiro estadual

Ficando com o Rio Grande do Sul (onde os advogados são 37 mil), acredita-se que dois grupos disputam o pleito marcado para 16 de novembro. Um deles, de situação, tende a ser liderado pelo atual presidente, Cláudio Lamachia. O de oposição deve ser liderado por Valter Nalgestein. Ambos atuam na capital gaúcha. Na listagem de conselheiros que deverão compor com Lamachia, um dos nomes a constar pode ser o do presidente da OAB em Santa Maria, Ricardo Jobim.

Aliás, na boca do monte, em que há cerca de 1,2 mil advogados inscritos na OAB, com a posição de Jobim, de não concorrer, articula-se uma chapa única, evitando a disputa pela direção da subsecção. Ao que tudo indica, um acordo se forma em torno do nome do atual vice-presidente, José Fernando Lutz Coelho. Mas a definição deverá se dar ao longo de outubro.

A propósito desse super-evento eleitoral, que se dará no país inteiro, é muito interessante a reportagem produzida pela revista especializada Consultor Jurídico. O texto é assinado pela jornalista Lílian Matsuara, que reproduzo a seguir. Confira:

 “Eleição na OAB terá 15 mil candidatos no país

As Eleições 2009 da Ordem dos Advogados do Brasil vão movimentar 15 mil candidatos na disputa por sete mil cargos em todo o país. Para o triênio 2010/2012, além da diretoria das 27 seccionais, os advogados terão de escolher as equipes para dirigir as 1.150 subseções estaduais. A votação acontece na segunda quinzena de novembro. As inscrições das chapas já começaram.

O Brasil tem hoje 582.898 advogados inscritos na OAB. Todos devem votar, de acordo com a obrigação prevista no Regulamento Geral da Ordem. Há três anos, o país tinha 517 mil profissionais inscritos. A diferença mostra a expansão crescente do mercado. A cada ano, em média, 20 mil advogados são aprovados no Exame de Ordem.

A maior concentração de advogados, assim como de negócios, continua sendo na região sudeste. Um pouco menos da metade do número de advogados brasileiros está em São Paulo: 217.209. Em seguida, aparecem Rio de Janeiro (109.972) e Minais Gerais (59.080). A região sul tem representantes na quarta e na quinta posição, com 37.088 advogados no Rio Grande do Sul e mais de 34 mil no Paraná. Na sexta posição, vem o estado da Bahia, com metade dos advogados inscritos no Paraná: são 15,3 mil. A menor concentração de profissionais está em Roraima, que só tem 197 inscritos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens publicadas no sítio da revista especializada Consultor Jurídico.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo