JornalismoMídia

TELEVISÃO. Carine Prevedello, as novelas e sua influência para a identidade nacional

“…Desde os tempos de Dias Gomes e Janete Clair chegando às tramas de Manoel Carlos, Gloria Perez ou Aguinaldo Silva, o final das noites da semana têm sido acompanhados pelas tramas globais…

…E as telenovelas, muito mais do que simplesmente uma trama ou uma peça de dramaturgia, estão inseridas numa indústria cultural que movimenta o imaginário social e incide, em função disso, na construção de uma identidade nacional. Não foram poucos os movimentos sociais impulsionados pelos debates trazidos pelas novelas: transplante de órgãos, portadores de necessidades especiais, desarmamento, violência doméstica, uniões homoafetivas, até mesmo a reforma agrária e a sordidez política foram temas que ganharam repercussão…”

“…Telenovela é entretenimento. O canal de televisão é uma concessão pública, portanto, deve prezar pelo interesse público. Meu objetivo não é desconstituir nem um fator, nem outro. É apenas lembrar que ambos estão inexoravelmente intrincados nesse universo que nos distrai, nos emociona, nos agride e mobiliza, capítulo após capítulo. É muita coisa.”

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo “Nós e as telenovelas”, da colaboradora semanal deste site, Carine Prevedello. Ela é jornalista diplomada (UFSM), diretora de programas da TV Campus (UFSM), Mestre em Comunicação, cursando Doutorado em Comunicação na Unisinos. O texto foi postado há poucos instantes. Boa leitura!

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo