JornalismoMídia

VAI PEGAR FOGO. Debate hoje sobre diploma de jornalismo opõe favoráveis e contrários

Será nesta segunda-feira, a partir das 8 da noite, no Salão de Atos da Unifra, prédio 13, Conjunto III, na rua Silva Jardim. De um lado, o professor Rondon de Castro, coordenador do curso de Comunicação Social da UFSM; de outro, o jornalista Alexandre Dorneles, formado em jornalismo pela PUC-RS e ex-coordenador da ENECOS.

O que vão discutir? O diploma de curso superior em jornalismo como requisito obrigatório (ou não) para o exercício da profissão. Castro, a fabor; Dorneles contra. Esse é o debate que, por sinal, é promovido pelo PSOL – como informa a presidente do partido em Santa Maria, Sandra Feltrin.

Desconfio que vai pegar fogo. Inclusive porque, até aqui, tem sido predominante a opinião divulgada a favor do diploma. E, de repente, aparece o contraditório. O que é bom, cá entre nós.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo