CongressoSupremo

COM SOBRAS. Só nove votos foram contrários. Toffoli é o novo ministro do Supremo

Essa foi mais uma derrota da mídia grandona: Toffoli é indicado com sobras
Essa foi mais uma derrota da mídia grandona: Toffoli é indicado com sobras

Com 58 votos (nove contrários e três abstenções), o Senado aprovou no inicio da noite desta quarta-feira o nome do ex-Advogado Geral da União, José Antônio Dias Toffoli, para vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal. Não obstante uma bastante tensa sabatina na Comissão de Constituição e Justiça, sendo inclusive criticado fortemente por alguns parlamentares, ali mesmo Toffoli foi folgadamente chancelado: só três votos contrários, ante 20 favoráveis.

No plenário, obviamente, também conquistou votos oposicionistas. O líder do PSDB, inclusive, Arthur Virgílio Neto, disse que os tucanos deram13 votos para a indicação. Resumo da ópera: nunca acredite nos discursos. Ou, por outra, relativize o que uns e outros dizem nos microfones ou mesmo nas páginas dos jornais. E também não dê muita bola para campanhas explícitas feitas pela ex-revista Veja e outros veículos da mídia grandona.

O fato é que a indicação feita por Luiz Inácio Lula da Silva foi acatada com muita folga. De maneira que José Toffoli passa a ser um dos ministros do Supremo mais jovem da história, com 41 anos. Confira mais detalhes do que aconteceu nesta quarta, e também um pequeno currículo do novo ministro, no material distribuído pela Agência Senado. O texto é de Valéria Castanho, com foto de José Cruz. A seguir:

Senado aprova indicação de Toffoli para o Supremo

Com 58 votos favoráveis, nove contrários e três abstenções, o Senado aprovou na noite desta quarta-feira (30) a indicação de José Antônio Dias Toffoli ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A confirmação ocorreu após mais de 8 horas de sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

A indicação de Toffoli – feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva – visa ocupar a vaga aberta no Supremo com a morte do ministro Carlos Alberto Menezes Direito, ocorrida no início deste mês.

– Podem ter certeza que terei um comportamento absolutamente isento e imparcial, porque meus compromissos serão com a Constituição Federal e com a minha consciência – afirmou Toffoli, atualmente à frente da Advocacia Geral da União (AGU).

Entre os senadores que parabenizaram Toffoli em Plenário estavam Aloizio Mercadante (PT-SP), Delcídio Amaral (PT-MS), Eduardo Suplicy (PT-SP), Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Renato Casagrande (PSB-ES)…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência Senado.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Caro Claudemir! Algumas coisas neste país se prestam apenas como meras formalidades, pois todo o mundo já sabe, antecipadamente, o resultado. Assim são todas as CPI’s que antes mesmo de eles serem iniciadas todos nós, já sabemos o resultado. Outra é a sabatina que o senado faz com os candidatos a ministros dos STF quando estes são indicados pelos presidentes da república. A mídia noticia, os nobres senadores se reúnem no dia e hora marcada, perguntam, perguntam, perguntam e (?)… ele é aprovado. Alguém sabe de algum indicado por FHC e Lula que não tenha sido aprovado? Se existir algum, por favor corrijam este desinformado.
    Um abraço, Claudemir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo