E EM SANTA MARIA? Brasileiro lê apenas um livro por ano. Menos que a Colômbia

E EM SANTA MARIA? Brasileiro lê apenas um livro por ano. Menos que a Colômbia - leitura

Leitura, um hábito pouco disseminado no Brasil. E em Santa Maria, alguém sabe?

Gostaria muuuito de saber sobre os hábitos de leitura do santa-mariense. Desconheço (embora possa existir) pesquisa a respeito. Assim, só me resta desconfiar. Aliás, uma boa desconfiança: aqui, inclusive pelo perfil da população, pode-se afirmar que o hábito de leitura é muito mais disseminado do que a média nacional. O quanto, não sei.

De todo modo, cá entre nós, que vivemos na boca do monte, aqui se lê, mais de um livro por ano, que é a média apurada em pesquisa patrocinada pelo Ministério da Educação. Muuuuito menos que nos países mais desenvolvidos. E beeem menos que, só para exemplificar, a Colômbia. E, repito, em Santa Maria?

Ah, sobre o trabalho realizado pelo Instituto Pró-Livro, que constam de pesquisa divulgada pelo MEC, acompanhe material produzido pela Agência Brasil. O texto é assinado pela repórter Lísia Gusmão. A seguir:

Brasileiro lê um livro por ano, revela pesquisa

Um levantamento do Instituto Pró-Livro confirma que o brasileiro lê pouco. São 77 milhões de  não leitores, dos quais 21 milhões são analfabetos. Já os leitores, que somam 95 milhões, leem, em média, 1,3 livro por ano. Incluídas as obras didáticas e pedagógicas, o número sobe para 4,7 – ainda assim baixo. Os dados estão na pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, feita com 5.012 pessoas em 311 municípios de todos os estados em 2007.
“O livro é pouco presente no imaginário do brasileiro”, explica o diretor do Livro, Leitura e Literatura do Ministério da Cultura, Fabiano dos Santos.
Nos Estados Unidos, por exemplo, a população lê, em média, 11 livros por ano. Já os franceses leem sete livros por ano, enquanto na Colômbia, a média é de 2,4 livros por ano. Os dados, de 2005, são da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), que integram o Instituto Pró-Livro.
Detalhes dos hábitos do brasileiro relacionados ao livro, revelados na pesquisa, atestam esta afirmação. O levantamento considera como não leitores aqueles que declararam não ter lido nenhum livro nos últimos três meses, ainda que tenha lido ocasionalmente ou em outros meses do ano…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência Brasil.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *