Transporte

COPA DE 2014. Cidades-sedes vão ganhar novos meios de transportes

Projetos destinados a melhorar os sistemas viários das 12 cidades que sediarão os jogos da Copa do Mundo em 2014 já têm R$ 9 bilhões garantidos por meio do Pró-Transporte, um programa do Ministério das Cidades que receberá os recursos do Fundo de Garanti por Tempo de Serviço (FGTS), conforme decisão aprovada pelo Conselho Gestor do Fundo em reunião de terça-feira (12).

A cerimônia de assinatura da Matriz de Responsabilidades para a Copa entre os governos federal, estaduais e municipais envolvidos na realização da Copa e o Comitê Organizador do Mundial, presidido pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Durante a solenidade, na quarta-feira (13), o Ministério das Cidades divulgou alguns dos 47 projetos que integram o chamado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade Urbana e que destinarão recursos para Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

No Sul do país, R$ 44,6 milhões serão gastos nos projetos de mobilidade urbana de Curitiba pelo governo federal . Em Porto Alegre, o total de financiamentos será de R$ 368,6 milhões, incluindo corredores viários para ônibus, duas linhas de BRT (Bus Rapid Transit) e sistemas de monitoramento de tráfego.

Clique AQUI e leia na íntegra o material produzido por Jorge Wamburg, repórter da Agência Brasil.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo