ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. “Cá entre nós, uma encrenca com data e causa conhecidas”

Em 6 de março, aqui se escrevia: se José Farret decidir mesmo não concorrer, o “forrobodó está formado”. Se formou. Quatro semanas após, o secretário de Saúde anunciou que segue no governo e se retira da disputa eleitoral.

Observatório ousa afirmar que, se a decisão do vice e secretário fosse a prevista no script, até poderia haver briga, mas estaria restrita ao PP, que não gostaria nada de perder a “Saúde”, que seria alguém de fora da sigla e mais próximo ao prefeito. Mas apenas isso.

Porém, a partir do anúncio de Farret, o bafafá tomou tamanha proporção que, hoje, o PSDB está praticamente fora do governo, na medida em que Jorge Pozzobom mudou de rumo e irá mesmo concorrer à Assembléia (embora ainda não confirme), a caminhada do candidato do PMDB ao parlamento estadual ficou bem mais complicada e, enfim, Schirmer se vê obrigado inclusive a antecipar o fim do interinato de Anny Desconsi na Educação – a previsão era de que ficaria por período bastante razoável. Isso sem falar no efeito colateral, com o PP fracionado entre os mais e os menos governistas. E com dois nomes (Sandra Rebelato e Sérgio Cechin) postos para substituir o candidato Farret. É uma encrenca e tanto, esta. Ou não?

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo